A 5ª Onda – Nós revidamos [Trilogia A 5ª Onda #1], de Rick Yancey

| 11 de dezembro de 2017 | 1 Comentário

LEIA ATÉ O FINAL!!! #30Resenhas #SURPRESA

Autor: Rick Yancey

Série: Trilogia A 5ª Onda

Páginas: 367

Capítulos: Uma introdução e 91 capítulos divididos em 13 partes

Sinopse:

“Depois da primeira onda, só restou a escuridão.
Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram.
Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram.
Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém.
Agora “A Quinta Onda”está começando…”

Cassie está sozinha, fugindo dos Outros. Ela vive em uma Terra devastada, onde qualquer pessoa, até mesmo uma criança, pode ser o inimigo. Um inimigo que parece humano, que espreita em todos os lugares, pronto para aniquilar os últimos sobreviventes. Permanecer sozinha é permanecer viva – Cassie acredita nisso até encontrar Evan Walker. Mas será que ela pode confiar nele? Será que ele pode ajudá-la a resgatar o irmão? Chegou o momento em que Cassie deve escolher entre a esperança ou o desespero, entre enfrentar os Outros ou se render ao seu destino, entre a vida ou a morte. Entre desistir ou lutar!

O que eu achei do livro:

Poderia dizer chato, cansativo e MUITO, mas MUITO, MUITO mesmo… confuso! Parece que o livro todo a personagem principal Cassiopeia, mais conhecida como Cassie que passa o tempo todo lamentando a vida. Sabe aquela pessoa que fica pelos cantos reclamando da vida O TEMPO TODO? Cassie. Quando as coisas estão perfeitas ela acha algo para reclamar ou estragar. A Síndrome do Cachorrinho Sem Dono que bate nela durante TODO O LIVRO nos faz querer jogar ele fora, mas ninguém joga fora um livro que com o frete custou R$58,90!

Uma questão do livro [Opinião pode haver spoiler]: Evan X Zumbi:

Para quem já leu o livro sabe dos amores da vida da Cassie – Que no caso são dramas dignos de uma novela mexicana, ou no caso, dignos de um filme – e posso dizer que ainda não tenho um favorito. Como decidir entre um cara preso por anos e um cara torturado por meses? Posso dizer que gosto mais dos dois do que da própria protagonista. Evan se mostra um cara forte e com uma estrutura frágil pelo medo de perder Cassie. Já Zumbi se mostra que vai arriscar tudo pra cumprir sua promessa, colocando em risco a sua própria vida. OS DOIS SÃO PERFEITOS! A PERSONAGEM PRINCIPAL É UMA MERDA!

Um pequeno detalhe do livro: Há partes que o livro é narrado por outros personagens. Isso é bom, não é? NÃO?! Se o livro em si é complicado de entender fica muito mais complicado quando se insere outros personagens, principalmente porque o autor não fala quem está narrando cada parte

Escrita dos sonhos

Tá. Certas coisas nesse livro fazem o meu ódio ceder um pouco. Nem tudo na quinta onda foi tão ruim assim. Tinha que ter algo para me fazer ler esse livro até o final

Yancey se mostrou um excelente autor no quesito ambiente, fazendo uma coisa que poucos autores conseguem: Ambientar tanto os personagens quanto os leitores no mesmo espaço. A adrenalina que há dentro do sangue dos personagens passa por nosso sangue. Sentimos suas emoções, suas dores físicas e emocionais, suas reações. Nós somos os personagens.

Esse livro é novo ou um extra da trilogia A 5º Onda?

NÃO! Esse livro é A 5° onda normal. O motivo desse nome estranho é que eu recebi esse livro com a capa do filme  e embaixo do título estava escrito nós revidamos. É, é a mesma coisa com uma capa mais bonitinha e o mesmo design.

O que foi a 5ª Onda? Essa eu não conto. A resposta você vai encontrar nesse mesmo livro, lá pelo final, mas isso é como a pergunta de 42, não podemos responder, vá ler o livro!

Opinião final: A protagonista é uma bosta. Em primeira vista já temos um romance. Tudo é previsível. TUDO MESMO. Certos níveis de clichês superiores ao Wattpad. O que ainda me fez gostar desse é a qualidade da escrita do autor.

#MaratonaDeResenhas #EspecialDeFimDeAno

Pontuação: 3/5

Rick Yancey é autor de dois livros para adultos: um romance e umas memórias. É também um experiente argumentista e foi, durante anos, crítico de teatro. As Extraordinárias Aventuras de Alfred Kropp é o seu primeiro livro para jovens, nascido do seu desejo de conjugar a sua paixão por espadas com o seu fascínio pela lenda de Excalibur – a mítica espada do rei Artur.
Vive em Knoxville (Tennessee, EUA), com a mulher e três filhos. Grande parte da história de Alfred Kropp foi escrita durante os treinos de futebol e karatê dos filhos.

NOVIDADE!!!

(Nossa, bateu uma nostalgia agora. Fazia séculos que eu não usava letra colorida.)

Oi pra você-es! Todos os resenhistas desse site sabem que com trinta resenhas nós ganhamos um livro de papel né?

EU GANHEI O MEU!!!!!!

E isso foi no início do ano no dia 3 de janeiro.

Eu sei que é muita falta de vergonha na cara falar isso para vocês a essa altura do ano, mas eu só ia contar isso para vocês quando eu fizesse essa resenha que eu tanto enrolei para postar. Vou fazer um post mais específico explicando como tudo aconteceu!

The following two tabs change content below.

Emily Damascena

Em meio ao caos, ao mundo, ao exército de problemas e complexidades essa garota lê. É bem improvável ela não estar lendo ou escrevendo, ou as duas coisas ao mesmo tempo. Divide o resto de seu tempo com Deus, livros, filmes, séries, cadernos, computador, cama, irmãs, trabalho e não perde uma oportunidade de fazer um belo bolo para a família.

Últimas Postagens de Emily Damascena (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Aventura, Distopia, Drama, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Futurismo, Literatura Juvenil, Rick Yancey, Romance Americano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *