A Culpa É Das Estrelas, de John Green

| 17 de junho de 2014 | 1 Comentário

Capa A Culpa e das Estrelas“A Culpa É Das Estrelas” começa mostrando os pequenos detalhes da vida de uma garota, que tem um cancêr incurável, ela vive com os país e adora assistir programas de TV idiotas. E quem não gosta? Atualmente ela já terminou a escola e estuda em uma faculdade comunitária de sua cidade, mais para ter o que fazer do que porque tem um futuro planejado. Ela sabe que não vai viver muito.

Um dia a mãe de Hazel a convence a comparecer a um grupo de apoio de jovens que tem câncer, ela detesta, principalmente ver que todos os seus talentos e suas atitudes não são mais admiradas do que o fato de ela ter câncer.

Ela então conhece Algustus Walters, que acompanha seu amigo Izacc ao grupo de apoio. Apesar de Algustus ter entrado em recessão a mais de um ano, seu amigo passa por uma fase difícil já que vai perder a visão, por causa de um tumor que já levou o seu primeiro olho. Em um primeiro momento Hazel tenta ignorar o fato de que Augustus a encara como se ela fosse surreal e tenta parecer mau-educada para afastar o interesse o garoto.

O que não da certo. Ao perceber que o garoto tem a estranha mania de fumar cigarros apagados ela resolve perder um pouco de tempo com ele.

Os dois se tornam amigos e Hazel lhe empresta um livro, Uma Aflição Imperial, os dois querem saber o que acontece no final do livro e discutem sobre isso várias vezes. Então um dia após Hazel ter de ser internada, Augustus resolve usar um desejo que uma ONG que realiza desejos de crianças com câncer lhe oferece, para levar Hazel até Amstedan e perguntar ao autor o que acontece depois que o livro acaba.

A parte com o autor é um pesadelo, mas ao visitarem a casa de Anne Frank, os dois se beijam e resolvem assumir de vez os riscos de se namorar alguém que vai morrer, porém as coisas dão uma reviravolta impressionante, quando Augustus, conta a Hazel que está com uma metástase.

Pensei que não ia gostar deste livro porque não sou muito de modinhas, nem de romances adolescentes, mas quando terminei de ler tive que agradecer muito meu namorado por ter me dado ele.

O livro inteiro é muito interessante e eu ri e chorei diversas vezes, ficando com muita saudade no final. Além de tudo esse livro me fez lembrar de três livros que já tinha lido anteriormente: Um Amor Para Recordar, Nicolas Sparks, Soul Love – A Noite O Céu É Perfeito, Linda Watherhouse e Descanse Em Paz, Meu Amor, Pedro Bandeira, além de vários da Halerquim e de todas as histórias de amor que eu li na vida. Fui obrigada a para e ficar comparando entre as mais lindas. Essa é uma delas.

Nota: 5/5

Biografia: John Green cresceu em Orlando, Flórida, a uma pequena distância da Disney World. Se mudou para Ohio para cursar a universidade, onde estudou Inglês e Religião. Por vários meses após se graduar, John trabalhou como capelão em um hospital infantil. Enquanto estava lá, teve a inspiração para escrever seu primeiro romance, Quem é você, Alasca?, que se tornou um best-seller nos Estados Unidos e ganhou muitos prêmios literários, como o Michael L. Printz Award nos EUA e o Silver Inky Award na Austrália. O segundo romance de John, An Abundance of Katherines, foi publicado em 2006 e se tornou finalista do Los Angeles Times Book Prize e também nomeado livro de honra do Michael L. Printz. Paper Towns, publicado nos EUA em 2008, estreou em quinto lugar na lista dos mais vendidos do The New York Times e ganhou o Edgar Allan Poe Award pelo melhor romance de mistério. Em 2009, Paper Towns foi eleito em primeiro lugar por mais de 11 mil leitores no Top 10 dos Adolescentes da American Library Association.

No seu tempo livre, John é um grande fã do Campeonato Inglês de Futebol, mas ele não fala para que time torce, porque não quer alienar possíveis leitores. Ele admite, entretanto, ficar arrepiado toda vez que ouve: “You’ll Never Walk Alone” (Você nunca andará sozinho).

Outros Livros: Quem É Você Alaska, O Teorema De Katherine, Cidades De Papel e Will & Will.

Audrei Bittencourt Maciel, Técnica Agrícola e Agropecuária, estudante de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UERGS, escritora nos blogs, Resenhas De Livros vinculado ao site Ler Livros Online e De Olho Em São Marcos e autora da page Ensino Em São Marcos no Facebook.

The following two tabs change content below.

Audrei Bittencourt

Sou uma pessoa diferente, temperamental, com gênio muito forte, divertida e inteligente, gentil e amiga. Tenho paixão por livros desde a primeira série do fundamental e leio pelo menos um por semana. Meus estilos preferidos são romance, terror, mistério e suspense. Autora de "Normalidade" da coleção " A Ceifeira". Técnica Agrícola e Agropecuária, estudante de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UERGS, escritora nos blogs, Resenhas De Livros vinculado ao site Ler Livros Online e De Olho Em São Marcos e autora de “Normalidade” da série A Ceifeira.

Últimas Postagens de Audrei Bittencourt (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Adolescente, Drama, Romance

Comentários (1)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Bartolomeu Henrique disse:

    esse livro parece um daqueles que se começa ler e não consegue mas parar,também recomendo ”onde as árvores cantam”um livro de romance,muito lindo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *