A Divina Comédia, de Dante Alighieri

| 30 de janeiro de 2014 | 0 Comentários

Capa do Livro A Divina ComediaO livro que totaliza 100 cantos é uma obra de linguagem curiosa e aspectos líricos, onde Dante se coloca no papel principal. A obra completa é feita por três livros, que chamam a atenção pelos seus títulos INFERNO, PURGÁTORIO E PARAÍSO (Martin Claret; 442 páginas; 30 reias).

Trata-se de um conflito que o personagem vive, alternando cenários e às vezes vendo algumas figuras como o espírito de Virgílio, um poeta da antiguidade. Outrora é surpreendido por São Tomás de Aquino, e até sua paixão de infância Beatriz.

Pouco se sabe sobre a vida de Dante Alighieri. Levantam-se muitas hipóteses e seus primeiros biógrafos complicaram o contexto ao criar várias histórias em torno de sua existência. Não há documentos oficiais que comprovem seu nascimento. Como ele afirmava ter vindo à luz com o signo de Gêmeos, supõe-se que ele tenha nascido entre o final do mês de Maio e meio de Junho. Assim, os pesquisadores chegaram a uma data mais provável, a de 29 de maio de 1265.

No meio de sua vida, Dante Alighieri se vê perdido em uma floresta densa e escura, e percebe que sua vida não estava mais no caminho certo. Ao tentar escapar de seu destino desviado, encontra uma grande montanha, que pensa em ser sua salvação. Ao tentar escapar, encontra três grandes feras que o impedem de subir: um Leão, uma Loba e um Leopardo.

Ele desiste de tentar chegar ao topo da montanha, porém, ele é surpreendido por um espirito de um poeta que ele tanto admirava. Seu nome é Virgílio, que se oferece para leva-lo por um caminho alternativo.

Beatriz então vem buscar Virgílio no Inferno, que por sua vez, propõem ajudar Dante em sua jornada, o guiando pelo centro da terra até o Purgatório, depois a chegar ao Paraiso.

A viagem começa nos portais do Inferno, depois de Dante ter aceitado a ajuda de Virgílio. Passando pelos noves círculos do Inferno, eles se deparam onde os pecados são eliminados, os sofrimentos dos condenados, os rios de lava infernais, suas cidades, bestas e demônios, até chegar ao centro da Terra, onde Lucífer habita. Passando pelo oitavo circulo, Dante crê ter visto torres, mas seu mestre lhe explica que não são torres, e sim gigantes cujo dever é proteger o fosso que dá acesso ao centro do Inferno. Então do gelo surge uma criatura que trazia consigo um vento gélido, com suas grandes asas fazia soprar nos rostos de Dante e Virgílio, e em um espetáculo eis que surge Lúcifer, com suas três cabeças, cada uma representando algo: a amarela (Impotência); a preta (Ignorância); e a vermelha (Ódio); em cada boca mastigava incansavelmente três pecadores, entre ele Judas Iscariotes. Conseguem escapar do Inferno por um caminho subterrâneo que leva ao outro hemisfério do planeta, onde conseguem ver novamente as estrelas da noite e o céu.

Depois da “fuga” do Inferno, Dante se vê de novo na atmosfera terrestre de fronte para uma montanha que se encontra na porção austral da Terra, onde existe somente uma ilha. Montanha que é composta por círculos crescentes conforme a mesma.

Antes de começarem a subir, aguardam o consentimento para passarem pela Porta de São Pedro. Ao todo são sete círculos que se ligam aos Sete pecados capitais. O primeiro circulo é o Orgulho; o segundo Inveja; terceiro Ira; quarto a Preguiça; quinto Avareza juntamente do Pródigo; sexto Gula e por fim no sétimo circulo eram condenados os pecados de Luxuria.

Depois de passarem pelos sete círculos Virgílio se despede de Dante nas portas do Paraíso, pois ele não pode adentrar aquele lugar. Logo ao entrar Dante se reencontra com Beatriz, que o conduz para beber água do rio Lete. Logo depois de beber ele tem sua memória apagada e seus pecados perdoados.

No Paraíso Dante encontra sete céus móveis, cada um correspondendo a um planeta. Sendo o primeiro dos céus a Lua. Em cada céu que passa, Dante é abençoado para poder se encontrar com Deus.

O oitavo céu, é o primeiro céu fixo, com estrela correspondentes as que nós vemos. O nono céu ou segundo céu fixo é o Cristalino, onde ele aprende um novo jeito de ver as coisas, e assim começa a decifrar o mundo espiritual. Lá recebe uma visão da Rosa Mística, onde se separa de Beatriz. No décimo céu ou terceiro céu fixo é imaterial. No meio desse céu, Deus se encontra rodeado por almas boas. Então a partir daí Dante é guiado por São Bernardo, que o leva até à Virgem Maria que consente a visita de Dante a Deus.

VEJA TAMBÉM

Obsidiana , de Jenifer L. Armentrout Imaginem um livro que vai prender você até o final? Obsidiana! Sem duvida Obsidiana! Primeiro livro da Saga Lux da autora Jenifer L. Armentrout, publicado pela a editora Valentina aqui no Brasil no ano de 2015. O livro possui 320 páginas, dstribuidas em 30 capítulos. Apesar de ser o primeiro livr...
The following two tabs change content below.

Wendel Quaresma

Nerd é a palavra que me resume. Roqueiro desde o primeiro suspiro. Sou auto didata, aprendi a ler com 2 anos de idade. Já li em torno de 2500 livros de todos os gêneros. Faço Engenharia de Software, mas nunca abandonei minha paixão pelas obras literárias. Creio que uma boa leitura por parte de alguém, supera qualquer diploma que possa definir um caráter. _|__|

Últimas Postagens de Wendel Quaresma (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Contos, Dante Alighieri, Drama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *