A Galera, de Goi Buarque

| 12 de dezembro de 2016 | 1 Comentário

livro-a-galera

Este é um livro bastante interessante que conta a história de Patrícia (conhecida como Patty) e sua turma de amigos aventureiros. Sempre em busca da diversão comum a muitos jovens na sua idade, Patrícia, com dezoito anos, adora festas e bagunças, sair com os amigos para o bar e até mesmo experimentar algumas drogas só para saber a sensação. E também, como qualquer outra garota ou garoto, ela se apaixona e vive seus romances com amor, paixão, brigas e confusões como qualquer outro romance, e é essa sua vida na cidade de Sobradinho no Distrito Federal. Sempre na mesmice, ela decide então fazer uma mudança em sua vida e, com seus muitos amigos, Patrícia vive uma vida cheia de surpresas.

Mesmo sendo um livro de poucas páginas, cento e vinte e sete apenas, a autora contou toda a história de uma vida em plena juventude num diálogo dividido em quatro partes. O livro nos traz uma linguagem bastante informal e típica brasiliense na década de noventa, sendo ele todo um diálogo com apenas um ou outro parágrafo de narração no meio para mostrar uma passagem de tempo ou explicar alguma sensação que no meio de tanta conversa pode ficar oculta. Por ser um diálogo pode permitir a quem o lê uma leitura mais simples e divertida, pois o personagem da história está sempre mudando assim como o leitor que pode interpretar cada personagem de sua maneira.

Goi Buarque, a autora, conta aqui toda uma história que foi, para ela, um sonho de uma noite, e ao acordar pensando nisso decidiu escrever um livro. Ela, como uma típica sonhadora que nasceu às 4h20 (4:20 é um código de referência ao consumo de maconha cannabis’) da tarde e teve uma infância de brincadeiras na rua, uma adolescência rebelde e com muitas descobertas, decide passar suas primeiras experiências (drogas, sexo, entre outras coisas) para Patrícia, a garota de seu sonho e agora livro. Por relatar histórias como a primeira vez de Patrícia (com detalhes até, em algumas partes), suas sensações ao usar drogas, seus sentimentos de amor e ódio, e até mesmo por sua linguagem mais solta e descontraída, este livro é mais voltado para o público adulto ou jovens que curtam essa adrenalina.

O título do livro por si só já diz bastante sobre ele (mesmo que um livro não deva ser julgado pela capa, neste livro sua capa e título representam de forma clara sua história), A Galera, e realmente trata-se de uma galera, uma galera que ousa, arrisca, se diverte, criam problemas, criam soluções e estão sempre juntos mesmo com suas brigas e discórdias, sempre um ao lado do outro dando apoio, dando sua grande amizade e mostrando que uma galera é sempre uma galera.

 

The following two tabs change content below.

Débora Sâmella

Tenho paixão por leitura, livros de qualquer gênero, com algumas preferências, claro. E adoro escrever, criar histórias ou falar sobre elas de qualquer forma. Sou estudante universitária do curso de Filosofia e um dia penso em me tornar escritora.

Últimas Postagens de Débora Sâmella (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Goi Buarque, Romance

Comentários (1)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Goi Buarque disse:

    Oi, Débora!!! Eu sou a escritora do livro e me apaixonei pela sua resenha. Fiquei encantada com o que você escreveu – e juro que até me deu vontade de ler o livro novamente rsrssr Muito obrigada pelo carinho e pelas palavras sobre o “A Galera”. Sucesso, garota!!! Grande beijo! Goi Buarque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *