A maldição, de Stephen King

| 7 de Fevereiro de 2017 | 0 Comentários

Capa A maldiçãoEm A maldição ou A maldição do cigano, nas edições mais antigas, acompanhamos a trajetória de Bill Halleck, advogado bem sucedido de uma cidade do Maine, EUA. A não ser pela dieta para combater o excesso de peso, as coisas vão bem profissionalmente e também pessoalmente para Bill, com sua esposa Heidi e sua filha adolescente Linda.

Com a chegada de uma caravana cigana, as coisas começam a mudar na cidade, que parece ser bem tradicional. O incômodo causado pelos ciganos ao aparecerem em praça pública faz com que um policial os expulse do local, levando-os, para continuar na cidade, a alugarem espaço em uma fazenda na região. Lá eles podem fazer adivinhações, jogos, rinhas de cães e exibições diversas.

Ao voltar de uma festa, após ter comido bastante e compulsivamente, Bill é surpreendido por carinhos sexuais de Heidi no carro. Sua atenção fica difusa e ele acaba atropelando fatalmente a cigana Suzanne Lempke. Porém, após investigação, ele é absolvido pelo juiz Cary Rossington, que não dá muita importância para o caso. O policial Duncan Hopley afirma, mentindo, que realizou o teste do bafômetro em Bill. O fato de Suzanne cruzar a rua fora da fixa de pedestres e surgir no meio de dois carros parados também são levados em conta.

Contudo, esse episódio não termina por aí. Tadzu Lempke, pai de Suzanne, com seus mais de cem anos, decide fazer justiça segundo a sua crença e cultura, já que considera a justiça dos homens brancos falha. Ele amaldiçoa as pessoas responsáveis pela negligência – Bill, o juiz e o policial -, de maneiras diferentes. O juiz começa a ter escamas pelo corpo inteiro, o policial tem pústulas inflamadas e Bill começa a emagrecer assustadoramente.

A partir daí, o advogado inicia uma busca desesperada pelos ciganos para que a maldição seja retirada antes que ele morra, secando até ficar só pele e osso. Como o diálogo não resolve, ele conta com seu amigo mafioso, que lhe deve favores após ser inocentado em julgamentos, Richie Ginelli para amaldiçoar também os ciganos e começar uma guerra.

Bill, devido a descrença das pessoas sobre a sua condição, se vê sozinho, sem o apoio da filha e da esposa, a qual busca consolo com o médico da cidade. Ginelli é o único a apoiar o advogado, mesmo este considerando Heidi tão culpada quando ele. Uma torta estranha representa o desfecho da narrativa, contendo no recheio, ao mesmo tempo, a cura e a maldição.

Após a leitura, assisti ao filme Thinner (1996). Apesar de os efeitos especiais e até mesmo a caracterização de Bill serem toscos, é um bom filme. O final se difere do livro em aspectos muito importantes para história, valendo a leitura antes ou após o longa-metragem para contrapor esses pontos.

Foi a minha primeira leitura de King. Achei interessante a apresentação da cultura cigana carregada de poder e magia, responsável por ganhar espaço na trama em oposição à justiça tradicional que é falha e parcial. Os ciganos são vistos como um povo à parte, não humano e causador de incômodo para as pessoas tradicionais. Eles precisam agir por conta própria para ter a sua justiça.

Foi interessante perceber que quando o homem está no seu maior momento de fraqueza, não dando conta de lidar com as adversidades, é nesse momento que as pessoas ao seu redor o abandonam, tornando mais difícil a superação. É a máfia que o apoia na sua única oportunidade de sobrevivência, medir forças contra os ciganos. Nota 4/5.

The following two tabs change content below.
Sou jornalista e, atualmente, mestrando em gestão e avaliação da educação pública. Trabalho com avaliação educacional. Encontro nos livros a dose certa de aventura e fantasia para tornar a vida mais prazerosa. Gosto muito de livros clássicos, de ficção científica, de não ficção e de realismo fantástico. Acredito que a literatura, como arte da palavra, tem o poder de despertar em todos nós uma interpretação daquilo que foi imaginado pelo autor, com base em nossa experiência de mundo. Debater sobre essa relação individual com uma obra literária é fundamental para ampliarmos nossas concepções.

Últimas Postagens de Ramon Freitas (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Horror, Romance Americano, Sobrenatural, Stephen King

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *