O Arcano Nove [A Mediadora #2], de Meg Cabot

| 24 de junho de 2014 | 0 Comentários

Capa O Arcano NoveNinguém contou a Suze sobre o sumagre venenoso. Contaram sobre tudo, sobre as palmeiras, o mar mas nada de sumagre venenoso. É agora Suze está como as mãos cheias de feridas graças a essa planta, feridas que foram adquiridas na festa da Kelly, que nem foi tão boa assim, afinal Suze só dançou com um gatinho que nem sabe seu nome.

Deste seu último exorcismo, Suze vem passando muito tempo na sala do Padre Dominic aprendendo novas técnicas de mediação, que não envolvam socos e pontapés. Ela ainda continua dividindo o quarto com Jesse o fantasma e os dois estão vivendo uma espécie de parceria.

Durante uma noite, Suzannah e acordada aos gritos por uma mulher que pede que ela levar uma recado a Red. Suze deveria contar a esse Red que ele não tem culpa de sua morte e depois a mulher desaparece sem dar mais informações. Suze começa a procurar esse Red e graças a CeCe ela descobre que Red e um empresário muito rico além de ser pai de Tad Beaumont, o menino que ela dançou na festa da Kelly.

Suzannah consegui uma falsa entrevista com Red e vai até a casa do homem dar o recardo. Porém Red e um senhor bem esquisito,  vem vez de ficar triste com a mensagem o homem fica muito curioso e quer que Suze chame os espíritos para que eles possam conversar. Suze tenta fugir daquele esquisitão é graças a Marcus, o irmão de Red, ela consegue. Marcus repreende Suzannah por ter ido contar mentiras ao Sr.Beaumont. Enquanto está sendo expulsa ela encontra Tad, que se oferece para leva-la para casa.

No caminho os dois param para tomar um café e depois vão para casa. Na despedida Tad beija Suze, o que é um alivio e um susto, afinal foi o primeiro beijo de Suze. Dentro de casa o fantasma de Jesse e de seu pai repreendem Suze, afirmando que aquela família e perigosa e ela deveria ficar longe. Suzannah tinha ficado assustada com o Red e acaba contando tudo para o padre Dominic que acaba convencendo Suze que Red e um vampiro.

Após um passeio com os amigos e o resgate de um gato, Suze vai a casa da tia de Cece, uma vidente. Lá a senhora não para de tirar a mesma carta para Suzanah, o Arcano Nove (que é o Ermitão no taro). Suze acaba chamando o espírito de uma mulher, mesmo sem saber como, a mulher conta para ela que o Sr.Beaumont a matou, assim como várias outras pessoas.

Cheia de mistérios nas mãos, Suze ainda continua sendo incomodada com o fantasma da mulher que afirma que a menina ainda não deu seu recado. É então que Suze nota que esse não era o Red certo.

 Minha Opinião Sobre o Livro:

Depois que terminei de ler Terra das Sombras, eu fiquei com muita vontade de ler a continuação, porém eu demorei um pouco pra começar a ler, pois eu tinha uns livros pendentes para terminar.

Suzannah continua muito engraçada e se metendo em um monte de enrascadas. Porém O Arcano Nove não me conquistou como o primeiro, o livro começa mesmo quando o fantasma da mulher aparece, mas logo tudo muda de rumo e segue para a vida do Sr.Beaumont e os assassinatos que envolvem seu nome. Depois o livro começa a virar uma espécie de CSI, mas bem esquisito.

Eu achei o livro um pouco clichê é foi o que mais me decepcionou, pois no começo nós demos a nossa Suze mais depois a historia vai para um rumo tão diferente que perde o sentido Mediadora. Porém o livro não é de todo o mal e a Suze ainda conseguiu me arrancar umas boas risadas, é isso ela sabe fazer bem. Eu não estou muito animada para ler Reunião mas quero muito conhecer melhor a amiga da Su a Gina, porém pode demorar um pouco para eu ler ele.

Adaptação Cinematográfica:

Eu soube que o livro vai vira filme, bom a autora já confirmou e disse que ele será produzido pela Disney e os diretores serão os mesmo que produziram  As Crônicas de Spiderwick e Desventuras em Série.

VEJA TAMBÉM

Prova de Fogo , de James Dashner O primeiro livro da série "Maze Runner" foi publicado em 2009, escrito por James Dashner, contando a hist ória pelos olhos de seu protagonista Thomas, que se vê nesta nova realidade, preso dentro de um labirinto com outros garotos, sem se lembrar de nada que não fosse o seu nome. E seguindo uma nar...
O Dragão de Gelo, de George R. R. Martin “Ela nunca teve muita certeza se era o frio que trazia o dragão de gelo ou o dragão de gelo que trazia o frio”. Essa fantástica aventura se passa num ambiente inspirado na Europa Medieval, e nos remete à pequena Adara e seu inusitado e misterioso amigo, um imenso dragão de gelo.
A Menina Que Tinha Dons, de M. R. Carey Resolvi resenhar essa obra porque no mês de setembro de 2016 o filme baseado nela chegará aos cinemas no Brasil e é interessante realizar a leitura antes do filme, para fazer uma avaliação posterior. A princípio, pelo título, pensei se tratar de algo relativo à mediunidade ou ainda a su...
The following two tabs change content below.

Madlla Pereira

Desde criança eu era apaixonada por livros, sempre gostei de história e de viver conectada a mundos diferentes do meu. Hoje essa paixão de infância se tornou um vicio serio rsrsrs talvez um dia eu vá precisar de de tratamento mais vou passar meus conhecimentos a vocês. Também sou muito fã de series e filmes, principalmente ficção científica.

Últimas Postagens de Madlla Pereira (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Fantasia, Ficção, Literatura de Misterio, Meg Cabot

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *