A Viúva, de Fiona Barton

| 7 de Março de 2017 | 0 Comentários
Capa do livro a viúva

Autor(A): Fiona Barton
Editora: Intriseca
Ano de publicação: 2017
Páginas: 304
Gênero: Ficção
Avaliação: 3.5/5 estrelas.

A viúva, é um thriller psicológico. O primeiro livro escrito pela inglesa Fiona Barton¹. O livro também é um recente lançamento da editora intrínseca para o ano de 2017. Nesta obra podemos identificar vários problemas que, infelizmente, percorrem a nossa sociedade. Dentre eles estão; A pornografia infantil, o estupro, segurança nas redes de comunicação e o fato que mais nos assombra; a violência contra a mulher.

A obra é prescrita nas perspectivas de três principais personagens; Bob Sparks; o detetive, Kate Waters; a jornalista, e a viúva, Jean Taylor. A narração é em terceira pessoa, com excessão dos capítulos narrados em primeira pessoa por Jean Taylor, demonstrando seus profundos sentimentos e pensamentos acerca dos fatos que rodavam sua vida, deixando o leitor ciente dos acontecimentos.

Após o sequestro de uma criança de dois anos, Bella, em 2006, os detetives começam a coletar pistas, fazer análises, perícias e todos os caminhos levavam a Glen Taylor, esposo de Jean Taylor.

Depois de ser acusado, eles enfrentam uma maré de questionários, passam por diversas investigações. E os segredos sujos encoberto debaixo do tapete de Glen vem atona. Mas nem isso é o suficiente para levá-lo preso, e ser culpado sequestro de Bella. A imprensa sensacionalista não os deixa em paz, diariamente os perturbam em busca de uma entrevista inédita. Fazendo-os viver um inferno, presos em sua própria casa.

“Todos os caras gostam um pouco de pornografia, não é, Jeanie? Isso não faz mal a ninguém. É só um pouco de diversão.”² 

Mas, depois de quatros anos do sumiso da garotinha, Bella, em 2010. E da misteriosa morte de Glen, que fora atropelado por um veículo. A imprensa quer saber, como foi para Jean Taylor viver com um monstro por toda a vida? O que a viúva tem para nos revelar após conviver com um dos maiores crimes cometidos na região? Será que depois da morte de Glen, Jean resolve se libertar da cadeia psicológica na qual seu esposo a trancara? O que ela nos tem para nos contar sobre o crime na qual seu marido, possivelmente, cometera?

“Eu tinha que manter os segredos dele tão seguros quanto os meus.”³ 

A viúva é um livro que nos faz questionar o poder que temos atribuído à Internet. Os limites que certamente nela não tem. A Internet é uma terra sem lei. E Fiona Barton consegue nos alertar sobre os perigos dela, na qual somos submersos em sua obra.

Consigo ver Jean Taylor como uma mulher sem algum tipo de felicidade. O seu sonho era de ser mãe; impossível. Seu marido não era nada carinhoso, era prepotente, arrogante, violento, superprotetor. E estéril. Por vezes, ele chegou a quase bater em sua mulher, menosprezava ela. E qual era a reação de Jean Taylor diante disso? Nada, ela apenas aceitava as monstruosidade do marido, isso por medo de ser subjugada pela sociedade. E quantas mulheres, infelizmente, não se espelham na personagem de Fiona hoje em dia? É notório, e incrivelmente exposto, como os dois personagens se encaixam perfeitamente na nossa sociedade; um marido violento, e uma esposa submissa a escravidão conjugal.

“Pelo menos temos um ao outro, Jean. Temos muita sorte.” (A Viúva, ebook. Capítulo 19, pagina 148.)

A história é muito previsível e por vezes monótona. O enredo é fraco, poucas vezes conseguiu prender minha atenção. A narração é leve, de fato, mas as vezes a autora cria coisas apenas para preencher as páginas. Fiona Barton tem o seu desconto por ser seu primeiro romance. Tem muitas falhas, lacunas no enredo, questões não respondidas. Porém, é uma obra que nos deixa inquieto e nos faz pensar. Pensar muito. Tudo que consegui sentir foi raiva e pensa diante do desenrolar da obra. A Viúva, é uma leitura amistosa, paciente. Porém, na minha humilde opinião; um lançamento fraco para uma editora de tão grande porte que é a intrínseca.

Notas:

[1] Fiona Barton é uma experiente jornalista que trabalha capacitando novos profissionais pelo mundo afora. Antes, foi repórter do The Daily Mail, chefe de reportagem do The Daily Telegraph e repórter especial do The Mail on Sunday, onde conquistou o prêmio de Jornalista do Ano pelo British Press Awards. A viúva é o seu primeiro romance. Nascida em Cambridge, na Inglaterra, atualmente mora no sudoeste da França. Fonte: http://www.intrinseca.com.br/livro/714/

[2] A Viúva, ebook. Capítulo 19, página 150.

[3] A Viúva, ebook. Capítulo 19, página 150.

The following two tabs change content below.

Leandro Santos

HEy-Oh! Me chamo Leandro, Léo para os íntimos. Tenho exatamente 18 anos. Atualmente, estou cursando Geografia na Universidade Estadual do Piauí - UESPI. Minha paixão pelas palavras, diferente de muitos, não começou na infância. Mas, na minha adolescência! Ela, é sem duvidas alguma, o meu álibi. Dentre os meus autores favoritos estão; Veronica Roth, Rick Riordan, Kiara Cass e Dan Brown. Taylor Swift, Avril Lavigne, Dani Araujo e Justin Bieber estão entre os artistas que não podem faltar na minha playlist. Sobretudo sou guiado pela graça divina de Cristo, o meu Senhor e Salvador. Minha conta oficial no twitter é @cristoehtop denunciem todo e qualquer conta falsa. "A companhia dos livros dispensa com grande vantagem a dos homens." - Marquês de Maricá.

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Tags: , ,

Categoria: Ficção, Psicologia, Romance de espionagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *