Aprendiz de inventor, de João Anzanello Carrascoza

| 16 de abril de 2016 | 8 Comentários

O livro “Aprendiz de inventor”  foi escrito por João Azanello Carrascoza – Editora Ática – e ilustrado por Cris Eich a Jean – Claude, onde conta a historia de um garoto que queria saber o que significava os sons, sabia que cocoricóóóóóóóó era o som do galo, mas poderia significar algo mais como se fosse traduzido para uma frase. O livro tem 103 páginas e 14 capítulos com títulos diferentes.

O garoto queria descobrir o som das coisas ( onde mais tarde indica que o nome dele e Antonio), então ele vai atrás de um inventor de sua cidade, muito famoso por criar qualquer coisa e lhe pede para criar um decifrador de sons (e muitas outras invenções como o liquidificador de fumaça e o Oráculo eletrônico) mas como não tinha dinheiro virou seu aprendiz, em um dia de aprendizado o garoto vai atrás do inventor, que havia desaparecido da garagem onde eles trabalhavam, e pergunta ao lost onde está o inventor e aparece o sinal do Lá, então ele se pergunta como vai para a terra do Lá e sobre em cima de uma mobília e um passarinho de um relógio- cuco que lhe disse através do decifrador: “Esta embaixo do seu nariz”, então ele olha para baixo e encontra um óculos e o coloca, então quando abre os olhos e vê uma terra estranha que tinha um monte de objetos amontoados e quando tira, vê a garagem normalmente, então os coloca de volta e começa a caminhar à procura do inventor, descobrindo que aquele lugar que ele viu quando colocou os óculos  é a terra do Lá: O lugar onde tudo que se perde e não se encontra ou não foi roubado vai para lá, e encontra várias coisas como uma voz e um sorriso que lhe ensinaram que o que foi perdido na terra do Lá não pode  ser pego de volta , a perna do Saci- Pererê que à viu passando correndo, e a cabeça da Mula- Sem- Cabeça o disse que não se pode voltar ao passado e que não se pode voltar as coisas perdidas aos seus donos, pois tudo que foi perdido na terra do Lá, deve ficar na terra do Lá. Um cachorro late para o garoto e ele usa o Decifrador de Sons descobrindo a seguinte mensagem: “Garoto, eu acabei de descobrir que você nasceu para ser um inventor, descobri pelo seu cheiro”. Seguindo o caminho ele encontra uma esperança perdida que diz ao garoto que são as únicas que podem voltar ao mundo, mas precisam que a dona dela fale uma PALAVRA especial que ninguém sabe e uma espécie de rede irá busca- la que convenceu o menino de voltar para a garagem quando o garoto chegou na garagem teve uma surpresa o inventor estava o tempo todo la e só para piorar o inventor lhe passou um sermão dizendo que o garoto deveria estar lá a duas horas e ele lhe responde que o procurou na terra do Lá, e que o Lost (um dos inventos do velho que indica se algo esta no mundo normal ou na terra do Lá) lhe disse que estava no Lá, apesar de descobrir depois que ele estava estragado e conta seus projetos de invenções, mas o inventor lhe diz que isso não tem futuro e então ele acha que não tem vocação, mas o velho não o desanima e no fim ele escreve no computador sua história na terra do Lá.

Esse livro é interessante, mas um pouco infantil e apesar de ser também um pouco filosófico, eu gostei muito, apesar do final deixar a desejar, pois ficou um vão na minha cabeça sobre o que aconteceu. O livro e curto e simples de se entender, sem palavras difíceis e expressões desconhecidas, feito para uma leitura rápida e bem simples.

João Anzanello Carrascoza nasceu em 1962, em Cravinhos, interior de São Paulo. Atualmente é escritor e professor universitário, estreou com o livro Hotel Solidão (1994). Publicou vários livros de contos, como O vaso azul (1998), Duas tardes (2002), Espinhos e alfinetes (2010), Amores mínimos (2011), O volume do silêncio (2006, prêmio Jabuti) e Aquela água toda (2012, prêmio APCA).

Pontuação: 4,1/5

Emily D. Mendes- Aluna da Fundação Bradesco de Ceilândia- DF (FB-DF)

LEIAM MINHAS OUTRAS RESENHAS! POR FAVOR!

The following two tabs change content below.

Emily Damascena

sou viciada em ler e amo fazer trabalhos sobre o que li. gosto de teatro, musica e livros de ficção, vivi lendo livros desde pequena, pois minha mãe não queria contar as mesmas historias todos os dias, então ela me ensinou a ler e me apaixonei ate os dias de hoje. (caso se goste ou não da resenha comente, de a sua opinião,pois e importante para mim) ps.leia também minhas outras resenhas, tenho certeza que você vai gostar, comente, livro que mudou minha vida: As Vantagens de ser invisível( leia também).

Últimas Postagens de Emily Damascena (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: +Autor, Ficção, Literatura Infantil

Comentários (8)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. M eduarda disse:

    Por favor mim ajude tenho uma prova sober esse romance hoje 😿

  2. Lara Fagundes disse:

    Esse é o livro ou um resumo?

  3. oi,vc e de que ano ?

    Seu testo ficou muito bom ainda mais para quem esta lendo este livro!

    Aluna da Fundaçao Bradesco-Ceilandia

    • Emily Damascena disse:

      Somos da mesma escola! 😊
      Atualmente estou no oitavo ano.
      Agradeço do fundo da minha alma de leitora voraz por você ter gostado da minha resenha e agradeceria mais se quando você acabar de ler você me contar o que achou.
      Feliz da vida
      -E.D.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *