A Cadeira de Prata [As Crônicas de Nárnia #6], de C. S. Lewis

| 30 de Abril de 2014 | 1 Comentário

Capa A Cadeira de PrataNesse livro nós não temos a participação de nenhum dos irmãos Pervensie, eles são só uma lembrança do passado. Os personagens principais nessa crônica são Eustáquio, o primo dos Pervensie, e Jill uma garota que estuda na mesma escola que Eustáquio e é muito zoada pelos alunos.

Eustáquio encontra Jill chorando atrás do ginásio, a garota está muito triste pois os alunos estão pegando pesado com ela. Eustáquio com dó, como para a menina como e Nárnia e se eles desejaram muito conseguiram chegar lá, juntos eles pedem para ir a Nárnia e acabam conseguindo.

Chegando lá Eustáquio cai de um penhasco e Jill se põe a chorar, até que Aslam aparece e diz para a menina que Eustáquio não morreu, ele foi soprado para Nárnia. O leão da uma missão para Jill, eles terão que encontrar o príncipe Rilian o único filho de Caspian, mas para isso eles tem que seguir os quatro sinais dados por Aslam e o primeiro é: Quando Eustáquio chegar a Nárnia ele terá que falar com um velho amigo.

Os Sinais:

Ao falar com Jill, Aslam lhe deu instruções para encontrar o príncipe perdido:

“(…) Estes são os sinais pelos quais hei de guiá-la na sua busca:

Primeiro: logo que Eustáquio colocar os pés em Nárnia, encontrará um velho e grande amigo. Deve cumprimentar logo esse amigo; se o fizer, vocês dois terão uma grande ajuda.
Segundo: vocês devem viajar para longe de Nárnia, para o Norte, até encontrar a cidade em ruínas dos gigantes.
Terceiro: encontrarão uma inscrição numa pedra da cidade em ruínas, devendo proceder como ordena a inscrição.
Quarto: reconhecerão o príncipe perdido (caso o encontrem), pois será a primeira pessoa em toda a viagem a pedir alguma coisa em meu nome, em nome de Aslam.”

Jill e soprada para Nárnia e quando chega lá ela diz a Eustáquio sobre o sinal mas ele não da bola. Os dois chegaram quando um rei está partindo e mais tarde eles descobrem que é Caspian e que o primeiro sinal já foi perdido.

Caspian havia proibido as buscas pelo seu filho, por isso as crianças tem que fugir no meio da noite para a casa de Brejeiro um paulama (que seria uma espécie de sapo com as pernas longas). Brejeiro é uma ser muito pessimista, mas aceita entrar nessa missão com as crianças. Os três tem que viajar pela terra dos gigantes até encontrar uma cidade em ruínas. Durante o caminho Jill começa a esquecer os sinais e os três se desviam um pouco do caminho, graças a uma dama de verde que os convence a mudar a rota, e acabam caindo nas mãos de gigantes que querem os comer.

As crianças deixam três sinais passarem, mas por sorte eles encontram o príncipe Rilian e acabam salvando o menino da feiticeira.

Minha Opinião Sobre o Livro:

Depois de ter lido o Peregrino da alvorada, eu tinha desanimado de continuar a ler a saga mas a noticia que haveria filme me animou.Eu estava super ansiosa para ler esse livro, mas confesso que quando li me decepcionei. As Crônicas de Nárnia é uma saga que eu sou apaixonada, mas somente até o Príncipe Caspian, pois os livros sem a presença das quatro irmãos Pervensie são ruins (com exceção do sobrinho do Maga que é bom).

Detestei muito os personagens desse livro, eles são muito chatos. A Jill é uma garota mimada e chorona, achei uma péssima escolha ter colocada ela como a principal da história, já o Eustáquio ficou muito de lado e sua participação foi realmente insignificante. O personagem mais legalzinho é o Paulama pessimista, que sempre consegue ver o melhor lado da história, só que não como nós.

Adaptação Cinematográfica:

O livro vai ser adaptado para o cinema, mas só chegara as telonas em 2017. Eu sou muito fã dos filmes e acho sim que esse, apesar da história não ser tão boa, o filme vai ser excelente. Eu achei uma adaptação ainda no youtube que pretendo assistir em breve.

A história é muito chata, foi uma das piores aventuras que já vi. Ela passa muito rápido e não teve aquele tempo para desenvolver o “amor” pelo cenário e pelos personagens. Enquanto eu lia, eu já tinha conseguido desvendar todo o mistério, não foi como nas outras crônicas. Em sua busca pelo príncipe Rilian, as crianças não conseguem acertar nada e ainda assim tudo da certo, isso me deixou com muita raiva.

VEJA TAMBÉM

O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa , de C. S. L... "Dizem que Aslam está a caminho. Talvez já tenha chegado", sussurrou o Castor. Edmundo experimentou uma misteriosa sensação de horror. Pedro sentiu-se valente e vigoroso. Para Suzana, foi como se uma música deliciosa tivesse enchido o ar. E Lúcia teve aquele mesmo sentimento que nos desperta a chega...
A Viagem do Peregrino da Alvorada , de C. S. Lewis Lúcia e Edmundo, com seu odioso primo Eustáquio a tiracolo, embarcam numa incrível viagem de aventuras e descobertas, a bordo do imponente navio Peregrino da Alvorada. Rumo às Ilhas Solitárias, em busca dos sete amigos desaparecidos do pai do rei Cáspian, eles encontram um dragão, uma serpente do ma...
The following two tabs change content below.

Madlla Pereira

Desde criança eu era apaixonada por livros, sempre gostei de história e de viver conectada a mundos diferentes do meu. Hoje essa paixão de infância se tornou um vicio serio rsrsrs talvez um dia eu vá precisar de de tratamento mais vou passar meus conhecimentos a vocês. Também sou muito fã de series e filmes, principalmente ficção científica.

Últimas Postagens de Madlla Pereira (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Tags:

Categoria: Aventura, C.S.Lewis, Fantasia, Literatura Infantil, Literatura Juvenil

Comentários (1)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Gabriely disse:

    Esta histpria e muito legal otima adorei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *