As meninas, de Lygia Fagundes Telles

| 4 de novembro de 2017 | 0 Comentários

Achar as palavras para a resenha desse livro demorou certo tempo e empenho. Não é um livro fácil de ser lido devido as três narradoras distintas (incluindo uma viciada em drogas que deixa tudo mais confuso) e o final também não ajuda muito sendo bem vago. Apesar disso tudo é um livro muito especial que amei ler e recomendo se você gosta de personagens bem construídos.

Lorena, Lia e Ana Clara são três universitárias de uma universidade em greve. Lorena é a tipica menina que nunca cresce, que vive rodeada de ilusões. É apaixonada por um homem casado e o espera pacientemente. Lia é a revolucionaria que luta contra a ditadura da forma que pode e espera seu namorado, Miguel, que esta preso. Ana Clara (carinhosamente apelidada de Ana Turva e Ana deprimente) também espera, mas espera seu marido rico e uma vida melhor para o ano que virá. Conta mentiras sem parar e vive com seus problemas de infância roendo seu cérebro. Tem um namorado que ama mas não consegue sentir prazer nenhum com ele, o único prazer que tem é a possibilidade de um dia ser tão rica quanto Lorena.

Demorei algum tempo para entender o que estava acontecendo mas depois que entendi não consegui largar o livro. É maravilhoso a forma como a escritora trabalha a mente das personagens a fundo como se desvendasse a alma. Com personagens tão bem elaborados a historia em si não importa tanto embora tenha assuntos polêmicos. O livro aborda temas da época de ditadura tanto quanto aborda temas atemporais como relacionamentos, abuso de drogas, feminismo e liberdade.

As três tem algo de cativante, até Lorena com todo seu nhem-nhem de garotinha rica. Tenho a impressão de que é um livro cheio de metáforas que poucos veem como o fato de Lia precisar tanto de uma burguesinha e outras coisas que nem sei se eu descobri. Talvez isso só seja a minha necessidade absurda de dar significados maiores as coisas, quem é que sabe?

O livro se passa em um intervalo curto de tempo em que acontecem ao mesmo tempo poucas e muitas coisas. As três voltam ao passado mais do que vivem o presente, sendo lembranças importantes para se entender o que as levou até o presente. Mas o que mais me surpreende é que no decorrer da minha vida em nenhum momento esse livro foi citado ou recomendado. Lygia é uma grande escritora e mal posso esperar para ler mais livros escritos por ela.

Jessica Allana

The following two tabs change content below.

Allana

Ler livros começou como uma diversão e agora simplesmente não consigo parar. Gosto de livros antigos que retratam uma época diferente da minha, mas leio qualquer coisa que colocarem nas minhas mãos. Minha unica fraqueza é gostar de todos os livros que leio.

Últimas Postagens de Allana (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Tags:

Categoria: +Autor, Romance psicológico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *