Rafaela Zimkovicz

Muito prazer, caro leitor. Me chamo Rafaela e a expressão "viciada em livros" poderia servir como meu sobrenome, já que descobri a magia dos livros aos 8 anos, e desde então, nunca parei de devorá-los. Espero conseguir expor-lhes ao menos um porcento da grandiosidade das obras literárias através das resenhas.
Idade: 15 anos.

Feed rss Facebook Twitter

Rafaela Zimkovicz's Latest Posts

“Big Magic: Creative Living Beyond Fear”, de Elizabeth Gilbert

| 21 de abril de 2017 | 0 Comentários
“Big Magic: Creative Living Beyond Fear”, de Elizabeth Gilbert

  Elizabeth Gilbert: um nome sinônimo de de uma capacidade genial para criar obras cuja leitura é leve, mas as reflexões trazidas por elas, profundas. Digo isso pois no portifólio da autora encontra-se também o best-seller “Comer, Rezar e Amar”, além de alguns outros romances publicados nos Estados Unidos. A exemplo de sua obra mais […]

Continue Lendo

Paris For One, de Jojo Moyes

| 19 de fevereiro de 2017 | 0 Comentários
Paris For One, de Jojo Moyes

Jojo Moyes nasceu em 1969, na Inglaterra. E, nos últimos tempos, o nome dessa britânica tem estado em alta não só nos círculos literários, mas também no mundo do cinema. Isso se deve ao enorme sucesso obtido pela obra “Como eu Era Antes de Você”, a qual acabou recendo uma adaptação cinematográfica, conquistando milhares de […]

Continue Lendo

A Redoma de Vidro, de Sylvia Plath

| 5 de fevereiro de 2017 | 0 Comentários
A Redoma de Vidro, de Sylvia Plath

Sylvia Plath nasceu em 27 de Outubro de 1932, no estado de Massachusets, nos Estados Unidos. Sua existência prolongou-se somente até 11 de Fevereiro de 1963. Nesse breve intervalo de tempo, ela se consolidou como uma das maiores poetisas norte-amerucanas, ocupando-se também da escrita de romances e contos. E entre esses gêneros, sua obra mais […]

Continue Lendo

Paris é uma Festa, de Ernest Hemingway

| 28 de janeiro de 2017 | 0 Comentários
Paris é uma Festa, de Ernest Hemingway

Ernest Hemingway é considerado um dos mais aclamados escritores norte-americanos, tendo recebido o Prêmio Pulitzer em 1953 e o Nobel de Literatura no ano seguinte. Apesar de haver conquistado tal reconhecimento, o romancista suicidou-se em 1961. Mas suas obras continuaram a cativar leitores, e, em 1964, sua esposa editou um dos úlrimos manuscritos deixados por […]

Continue Lendo

Cadeia: relatos sobre mulheres, de Débora Diniz

| 18 de janeiro de 2017 | 0 Comentários
Cadeia: relatos sobre mulheres, de Débora Diniz

Comecei a leitura desse livro com curiosidade para conhecer um pouquinho de como funciona o cotidiano de um presídio. Terminei-a em lágrimas, e essas se devem à profundidade do drama e das mazelas humanas narradas pela cientista social Débora Diniz, responsável por trazer ao público não só essa, mas muitas outras denúncias sociais através de […]

Continue Lendo

O Papel de parede Amarelo, de Charlotte Perkins Gilman

| 9 de janeiro de 2017 | 0 Comentários
O Papel de parede Amarelo, de Charlotte Perkins Gilman

    Nascida em meados do século XIX, Charlotte Perkins Gilman consolidou-se como um símbolo feminista por seus ideais e condutas não ortodoxos acerca da função da mulher na sociedade. E grande parte da icônica imagem que se formou entorno de sua pessoa é decorrente das 6000 palavras que formam o conto “O Papel de […]

Continue Lendo

Reparação, de Ian McEwan

| 6 de janeiro de 2017 | 0 Comentários
Reparação, de Ian McEwan

       Leitura alucinante com alguns trechos marcados por monotonia – assim pode-se definir a obra “Reparação”, de autoria de um dos maiores gênios da literatura contemporânea, Ian McEwan.      Em 380 páginas, o autor compõem uma única narrativa através da perspectiva de três personagens, sempre na forma de narrador onisciente. Cecília, Briony […]

Continue Lendo