RSSAdolescente

Do seu lado, de Fernanda Saads

| 9 de novembro de 2015 | 1 Comentário
Do seu lado, de Fernanda Saads

Sinopse: Sarah tem um melhor amigo chamado Igor, que conhece desde a faculdade de Arquitetura. Sarah compartilha tudo com Igor inclusive trabalham no mesmo local. Foi Igor quem ouviu seus lamentos e segurou a barra, quando há quatro anos, Sarah foi traída pelo seu namorado Bruno. Ela ficou mal e fez terapia para superar o ocorrido. Sarah tem certeza […]

Continue Lendo

A Procura de Audrey; de Sophie Kinsella

| 5 de outubro de 2015 | 1 Comentário
A Procura de Audrey; de Sophie Kinsella

Fofo,inteligente, emociante, dramático, inspirador, engraçado entre tantas outras características. Um livro carregado de emoções, como todos os livros da Sophie Kinsella.

Continue Lendo

Demoníaco, de Pandora Fairel

| 15 de janeiro de 2015 | 0 Comentários
Demoníaco, de Pandora Fairel

Demoníaco é um livro que consegue surpreender tanto pelo estilo estrangeiro, ao passo que é de uma brasileira quanto pela originalidade ao passo que demônios são um assunto abordado de várias formas e raramente surpreendem ao público nos dias de hoje. O livro inicia narrando a atual situação de uma princesa do inferno, que fugiu de casa e agora está sendo protegidas por uma vela celestial, feita pelos anjos para quem trabalha.

Continue Lendo

Crepúsculo [A Mediadora #6], de Meg Cabot

| 4 de janeiro de 2015 | 1 Comentário
Crepúsculo [A Mediadora #6], de Meg Cabot

Eu simplesmente amei Crepúsculo, não tenho palavras para dizer como amei o final. Eu tinha meu palpite que o final seria dessa forma, que não posso contar, mas mesmo assim me emocionei. Meg conseguiu fechar a saga com chave de ouro, tudo fez sentido, cada personagem deve um final “bem fechado”, ninguém ficou para trás.

Continue Lendo

Eleanor & Park, de Rainbow Rowell

| 1 de agosto de 2014 | 0 Comentários
Eleanor & Park, de Rainbow Rowell

Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Continue Lendo

Soul Love – A Noite O Céu É Perfeito, de Lynda Waterhouse

| 17 de junho de 2014 | 0 Comentários
Soul Love – A Noite O Céu É Perfeito, de Lynda Waterhouse

Jenna foi rotulada como uma garota má e ela está odiando isso, principalmente porque esta levando a culpa pela amiga, que não se decide a contar para os pais sobre a besteira que fez. Ela foi expulsa da escola,sua mãe não está falando com ela e foi mandada para Neterby morar com a tia, porque Mia não consegue assumir a culpa pelos seus atos.

Continue Lendo

A Culpa É Das Estrelas, de John Green

| 17 de junho de 2014 | 1 Comentário
A Culpa É Das Estrelas, de John Green

“A Culpa É Das Estrelas” começa mostrando os pequenos detalhes da vida de uma garota, que tem um cancêr incurável, ela vive com os país e adora assistir programas de TV idiotas. E quem não gosta? Atualmente ela já terminou a escola e estuda em uma faculdade comunitária de sua cidade, mais para ter o que fazer do que porque tem um futuro planejado. Ela sabe que não vai viver muito.

Continue Lendo

Descanse Em Paz, Meu Amor; de Pedro Bandeira

| 17 de junho de 2014 | 1 Comentário
Descanse Em Paz, Meu Amor; de Pedro Bandeira

Chove muito na montanha, o velho casarão está isolado do mundo, mas os amigos de Alexandre quase não reparam no tempo horroroso. A viagem até ali e seus acontecimentos os deixam para baixo. Até mesmo a namorada de Alexandre parecia querer se afastar dele e fingir que não estava lhe vendo. O garoto tentava por todos alegres, mas os amigos pareciam se esmerar em ficar calados e parecerem malucos. Revoltados com a alegria de Alexandre e ainda se mantendo naquele clima tenso, os amigos tem a idéia de começar a contar histórias sobrenatuarais. Alexandre, não entende o porque daquilo, mas resolve participar da brincadeira.

Continue Lendo