RSSDrama

O Demonologista, de Andrew Pyper

| 28 de abril de 2017 | 0 Comentários
O Demonologista, de Andrew Pyper

Bom dia, gente 🙂 Sempre que lemos um livro de terror, a religiosidade – ou o que sobra dela – é posto à prova de alguma maneira. Há sempre al go em que o personagem se agarra quando é posto à prova – uma fé, por exemplo. Durante séculos, os livros de terror exploraram esse […]

Continue Lendo

O Doador [de Memórias], de Lois Lowry

| 27 de abril de 2017 | 0 Comentários
O Doador [de Memórias], de Lois Lowry

Em uma sociedade altamente organizada e planejada, Jonas, um jovem rapaz, chega finalmente à idade de exercer uma função. E, mesmo sem ter ideia de qual papel exerceria, para sua surpresa, ele é escolhido para algo que até então era desconhecido por ele, ele se torna um Recebedor de memórias da época em que o mundo não é da maneira que ele conhece, mas é necessário coragem para passar por isso, e Jonas não sabe se possui essa qualidade.

Continue Lendo

Dois Garotos se Beijando, de David Levithan

| 22 de abril de 2017 | 0 Comentários
Dois Garotos se Beijando, de David Levithan

Quando dois garotos decidem quebrar o mais novo recorde de beijo mais longo dado, isso acaba não afetando apenas eles, como também muitos outros adolescentes nos arredores. Dois garotos se Beijando é a história de alguns deles. Não é apenas um romance: É David Levithan. Dois Garotos se Beijando é uma incrível obra deste autor que, convenhamos, sabe o que é um drama adolescente/LGBT, e sabe mexer com nossos sentimentos de pouco em pouco.

Continue Lendo

O Diário de Carson Phillips, de Chris Colfer

| 15 de abril de 2017 | 0 Comentários
O Diário de Carson Phillips, de Chris Colfer

Do mais recente “primeiro o filme, depois o livro”, O Diário de Carson Phillips narra o dia-a-dia nas “trincheiras” que é a vida de Carson, um jovem ambicioso que está prestes a terminar o ensino médio e entrar para a faculdade, mas antes precisa cumprir algumas metas; e, sério: ele não está a fim de papo furado.

Continue Lendo

O caminho para casa, de Kristin Hannah

| 6 de março de 2017 | 2 Comentários

A história fala sobre os desafios que uma mãe enfrenta nas primeiras fases da adolescência de seus filhos. Mia e Zach são irmãos gêmeos. Suas personalidades são diferentes, embora seus corações carreguem alguém em comum: Lexi. Ao entrar para nova escola, a tímida garota, com um passado extremamente difícil, descobre em Zach o amor da […]

Continue Lendo

Vidas Roubadas, de Ana Claudia Esquivo

| 6 de março de 2017 | 0 Comentários
Vidas Roubadas, de Ana Claudia Esquivo

VIDAS ROUBADAS
Rio de Janeiro, palco de um dos crimes mais repugnantes que alguém pode cometer.
Infelizmente historias como a de Joana e Alexia ocorrem em toda parte do mundo numa triste realidade que muitos não gostariam nem de pensar em passar.
Ana Cláudia Esquivo foi de uma sutileza invejada, leitura de fácil entendimento, porém instigante e com isso conseguiu prender a atenção de seus leitores.
Joana é uma ex. – presidiaria que cumpriu pena por um crime que não cometeu, e Alexia uma repórter investigativa que foi obrigada a se afastar de suas investigações por estar com sua vida em risco.
O que elas não poderiam imaginar é que seus caminhos se cruzariam em um dos piores e melhores momentos de suas vidas.
Joana era a filha amada por seu pai e sua irmã mais nova Denise, tratada como princesa e desprezada por sua mãe Marta e sua irmã mais velha Bruna, vivia em um verdadeiro inferno.
Era repreendida por tudo que fazia e até agressões sofria, vivia numa constante briga com Bruna. Joana tinha um talento para moda, um dom, fazia croquis maravilhosos sem nunca ter estudado, seus desenhos eram lindos e graças a ele chegou a receber até elogios de sua mãe, mas como nada era fácil para ela logo percebeu que seus desenhos tinham sumidos, sua mãe os havia vendido para uma grife.
Logo mais passou a ser chantageada por Bruna onde ela a obrigada a desenhar e logico que era ela quem lucraria não só financeiramente, mas com a fama pelos desenhos.
Quando tinha seus vintes e poucos anos seu pai morre, e isso acabou de vez com qualquer tipo de harmonia que poderia existir naquela casa.
A faculdade de moda que seu pai pagava, teve que ser interrompida e ela foi obrigada a abana-la, pois sua mãe não daria um só centavo. Mas isso não foi o pior.
Num belo dia estava a caminhar com Denise sua irmã mais nova quando sentou em um banco ao lado de uma moça com um bebe no colo, começaram há conversar e o tempo passou e de repente uma voz, – você esta presa!
Joana tenta se explicar de todas as maneiras das acusações, mas ninguém a ouve Joana e presa por um crime que não cometeu. Foi humilhada, espancada, escravizada, passou fome na cadeia simplesmente por ter um rosto bonito, mais de 02 anos vivendo nesse horror e só quando achou um papel e lápis sua vida teria um pouco de alivio, começou a desenhar para as presidiarias. Fez seu primeiro desfile na cadeia e saiu antes por bom comportamento.
Alexia uma moça bela que ao contrario de Joana sempre foi amada por seu pai, se formou em jornalismo e foi tentar a vida no Rio, mas antes de sair fez uma promessa a sua mãe, de encontrar sua irmã Daniela.
Foi uma notável jornalista com premiações tinha um faro para resolver mistérios que todos em seu meio a admiravam.
Amava sua profissão e não tinha espaço para mais nada, além disso.
Em seu desfile fora dos muros Joana conheceu Alexia que estava à entrevista-la a contra gosto, definitivamente moda não era sua praia.
No primeiro contato fez pouco caso e nem deu a importância devida à entrevistada.
Ao voltar para redação Tucca à editora chefe a repreende pela péssima matéria que teria feito.
Alexia estava afastada das investigações criminais devido a um desmoronamento em um prédio do mesmo engenheiro que havia sido acusado de negligência anteriormente e ela sentia que tinha alguma coisa errada por traz desses acontecimentos, mesmo fora de ação recebia telefonemas, informações pedindo que ela volta-se ao caso, pois havia uma quadrilha de criminosos atuando nesses prédios.
Seu instinto de detetive falava mais alto e ela não podia se conter, começou a investigar e quando conseguiu que um dos moradores do ultimo prédio fala-se ele morre no local marcado para a entrevista, ela fica cada vez mais intrigada e assustada, pois um assassinato tinha acabado de ocorrer bem diante de meus seus olhos.
Tinha um furo de reportagem em minhas mãos e nem sabia por onde começar a única pessoa que estava disposta a falar tinha acabado de morrer.
Mas como foi ameaçada Tucca para preservar sua vida achou melhor tira-la das matérias criminais.
Mas o que ninguém podia imaginar e que ao direciona-la para coluna de modas Tucca daria um rumo muito maior a vidas das pessoas a sua volta.
Envolvente e misterioso Vidas Roubadas é uma mistura de ansiedade e calmaria que faz você querer ler cada palavra, faz com que nos tornemos detetives para mesmo antes do fim sabermos quem é o culpado. Mascaras começam a cair, magoas, frustação e incapacidades são sentimentos que as tornam pessoas mais fortes.
Boa leitura.

DríeDu
Nota 04

Continue Lendo

Férias!, de Marian Keyes

| 5 de março de 2017 | 0 Comentários
Férias!, de Marian Keyes

  Rachel Walsh é encontrada quase morta por sua melhor amiga em seu apartamento. Mesmo que Rachel informe que isso não passa de um terrível engano e que ela não tentou se matar a amiga liga para seus pais na Irlanda convocando ajuda. Apenas para agradar seus pais e ver se cruza com uma celebridade, […]

Continue Lendo

Sete minutos depois da meia noite, por Patrick Ness

| 22 de fevereiro de 2017 | 13 Comentários
Sete minutos depois da meia noite, por Patrick Ness

  Gente, esse livro… Ah esse livro! Este mês estou participando de um desafio literário cujo tema é fantasia, e como não tenho o hábito de ler sinopses antes de ler o livro (pois gosto do elemento surpresa), pelo conjunto título e capa, julguei ser este um livro enquadrado neste gênero. Contudo, a trama me […]

Continue Lendo