Desaparecida, de Catherine Mckenzie

| 21 de dezembro de 2016 | 0 Comentários

Sinopse:Quem nunca sonhou em recomeçar a própria vida do zero? A jovem advogada Emma Tupper se vê diante dessa oportunidade quando volta para casa, após passar seis meses desaparecida na África. Surpresa, constata que todos acreditam que ela estava… morta. Emma descobre que sua antiga vida foi apagada. O apartamento onde vivia acaba de ser alugado para um novo inquilino, o misterioso fotógrafo Dominic.

Emma Tupper é uma mulher de 34 anos, que tem a vida que sempre quis, um emprego dos seus sonhos, pelo qual ela é apaixonada, e está quase sendo promovida ao cargo que tanto deseja, tem o namorado dos sonhos e o ama.

Antes de morrer sua mãe lhe deu um último presente: uma passagem para ela ir pra África que sempre foi o sonho de sua mãe, e lhe deixa o último desejo: que ela vá à África no lugar dela, então sua mãe morre, e Emma prometeu cumprir seu desejo, a viagem foi programada apenas para durar 1 mês, mas Emma acaba tendo que ficar mais tempo pois fica doente, e é mandada para uma ONG , e depois acontece um terremoto no lugar onde ela está, impossibilitando dela voltar, pois os voos foram cancelados, e ela não pode avisar a ninguém que estava bem, porque o lugar estava sem sinal nenhum graças ao terremoto, ela acaba ficando seis meses ao invés de um mês.

Editora: LeYa  /  Páginas: 320

Quando Emma volta depois de seis meses na África não tem ninguém a esperando no aeroporto, então ela vai para o seu apartamento, e a chave não abre, vai no apartamento de Tara buscar a chave reserva, mas Tara não está em casa, então ela conhece Dominic que a oferece para entrar no seu apartamento para fazer uma ligação, e é aí que ela percebe que o apartamento dele na realidade é o seu, e entra em pânico, ela não tem dinheiro, todos pensam que ela está desaparecida e provavelmente morta, sua conta foi cancelada, ela não tem nem para onde ir, então ela é obrigada a pedir ao novo dono do seu apartamento para ficar lá, e ele acaba permitindo, e dali nasce uma amizade, uma cumplicidade, eles começam a se tornar verdadeiros amigos, contam segredos, dividem uma vida inteira em apenas dias, e é fantástico como eles são tão diferentes, e ao mesmo tempo se encaixam tão bem, ele um fotógrafo incrível, e ela uma fabulosa advogada, ela vai tentando retomar sua vida de antes, mas nada é como antes, mas Dominic está ali, e eles compartilham noites incríveis com um belo vinho, uma boa comida feita por ele, e sinceras risadas, o fato mais comum entre eles é que os dois estão tendo que recomeçar, e recomeçar é sempre mais difícil do que começar, pois no recomeço sempre tem marcas e lembranças do começo.

“O amor pode trazer felicidade altruísta.”

O livro vai intercalando entre a volta dela para seu  lar, e a sua viagem à África, mas as partes na África poderiam ser muito mais detalhistas, faltou tantas coisas das quais ela fala ter vivido, mas não descreve nenhuma delas, esse foi um dos pontos negativos do livro, a escritora poderia muito bem ter escrito melhor as partes da África, ficou aquele gostinho de querer saber mais sobre o que ela viveu e aprendeu por lá, pois aquela viagem mudou radicalmente sua vida, nós praticamente só vemos as consequências da viagem, eu queria muito mais de lá, muito mais sobre a ONG que ela participou. Outro ponto negativo foi o final curto, eu esperei tanto um final maravilhoso, mas o final foi simples, previsível, o livro em si não é tão previsível, mas o final é demais, eu queria um final mais caprichado, e o que vi foi só uma coisa que já sabíamos há décadas que ia acontecer.

“Pensei, ingenuamente, que, quando o caos passasse, minha vida ainda estaria lá, esperando por mim. Mas eu estava errada .A vida não espera. Você tem de fazer acontecer . Você tem de vivê-la enquanto ela está acontecendo ao seu redor. A vida segue em frente.”

Eu gostei muito da história, li muito rápido, os personagens são extremamente cativantes, e a escrita é bem envolvente do começo ao fim, o livro é leve, um ótimo livro pra se ler nas férias, terminei esse livro um pouco decepcionada , pois amei a história mas esperava mais.

Quero deixar bem claro que esse livro não é um simples romance,  é bem mais que isso, fala sobre mudanças, passado, lembranças, escolhas, e o poder delas, o amor que depositamos sobre as coisas, e o que realmente vale a pena ser vivido, mostra a dor da perda, e como nossa vida pode mudar inteiramente em apenas minutos, e que nunca devemos deixar as opiniões dos outros, mesmo que seja a daqueles que amamos, deixar interferir nas nossas próprias decisões, eles nunca vão saber o que nós realmente amamos  tanto quanto nós sabemos, deixe sempre ser levada pelo seu amor pelas coisas da vida, pois o amor sempre nos faz feliz.

Classificação:4/5

 

The following two tabs change content below.

Naomi Vitória

Últimas Postagens de Naomi Vitória (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *