Deus ex machina, de Daniel Lucrédio

| 29 de junho de 2015 | 0 Comentários

A mostra (formato pdf)

Capa Deus ex machina

Ano: 2014
Páginas: 352
Editora: Clube de Autores

“Deus ex machina” insere o leitor em um ambiente futurista, em um Brasil dos sonhos, sem crimes, sem corrupção, com boas condições de empregos e igualdade social mais difundida. Isabel é uma feliz moradora desse futuro aparentemente tranquilo voltando para casa, após um cansativo dia de trabalho. Ao olhar para trás em uma estação de metro, ela porém nota que algo estranho está acontecendo. Ela parece estar sendo seguida por desconhecidos, duvidando da própria sorte, ela entra em um banheiro e tenta se acalmar. A moça então é sequestrada e acorda em uma sala, onde sofre um seção de tortura, infligida pela policia que está querendo descobrir as palavras de um código. Sem entender o que está acontecendo e em meio a aflição a moça informa algumas palavras que sua mãe a fez memorizar, quando criança e que após serem testadas por essas pessoas, acabam devolvendo a liberdade de Isabel.

A moça volta para casa e tenta recuperar sua vida normal, mas não consegue e como nada daquilo parece fazer sentido em um cenário tão pacifico e livre das práticas tão comuns dos dias de hoje a ideia de descobrir o que fez a policia tortura-la em busca de umas palavras que sua mãe lhe fez memorizar se torna uma obsessão.  Em busca de respostas a moça abre caixas, antigas e revira fotos e pertences da mãe até acabar encontrando uma verdade muito inconveniente, que acaba por coloca-la no meio de uma conspiração que pode fazer o mundo inteiro onde ela nasceu vir a colapso.

Livro bastante bem escrito, possui uma narrativa um pouco enervante, mas muito consistente e uma atmosfera de mistério. Deus ex machina provoca a curiosidade do leitor até o final. Bom exemplar para quem curte uma ficção futurista ou um suspense. A capa do livro é um diferencial e tanto, interessante sem ser enjoativa, inteligente em sua proposta e muito em voga com o tema do livro. A história cabe direitinho no que se propõe e coloca fatores de interesse em um tempo muito bem medido, além de claro oferecer uma opção nacional para admiradores de leitura de fantasia, ficção e que curtem um ambiente futurista, ambientada em sua maior parte no Brasil.

Outros Livros: A Coruja Que Não Enxergava No Escuro

Daniel Lucrédio:  Nascido em Araras – SP, em 1979, Daniel Lucrédio é formado Engenheiro de Computação pela UFSCar – Universidade Federal de São Carlos, e Doutor em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo. Trabalha com desenvolvimento de sistemas desde 1997, e como pesquisador desde 1999, tendo realizado estágios de pesquisa na Microsoft, em Redmond, WA, EUA e na George Mason University, em Fairfax, VA, EUA. Desde 2010 é professor adjunto e pesquisador da Universidade Federal de São Carlos – SP.

Nota: 5/5

VEJA TAMBÉM

A Garota Da Capa Vermelha, de Sarah Blakley Com 268 páginas o livro "A Garota Da Capa Vermelha" pode parecer relativamente curto para ser uma narrativa emocionante, ledo engano a autora, Sarah Blakley , consegue colocar emoção em cada palavra escrita levando o leitor para um mundo onde ele consegue ver e sentir o que está acontecendo na histó...
Erámos Seis, de Maria José Dupré O livro inicia com uma velha senhora passando na avenida Angélica, em São Paulo, onde residiu por muitos anos. Ao pensar em sua casa a velha senhora não consegue resistir e acaba indo olhar a janela da casa onde viveu a infância dos filhos e juntos ao marido. Ao ver cada canto da casa em que fora mu...
Tosco, de Gilberto Mattje Tosco parece ser um livro bem conhecido nas escolas públicas brasileiras e deveria mesmo, já que é tempo de os brasileiros começarem a ler sobre finais felizes possíveis na nossa própria realidade. Desde o começo o livro se refere ao personagem como Tosco, um apelido que ele possui por ser mau - ed...
The following two tabs change content below.

Audrei Bittencourt

Sou uma pessoa diferente, temperamental, com gênio muito forte, divertida e inteligente, gentil e amiga. Tenho paixão por livros desde a primeira série do fundamental e leio pelo menos um por semana. Meus estilos preferidos são romance, terror, mistério e suspense. Autora de "Normalidade" da coleção " A Ceifeira". Técnica Agrícola e Agropecuária, estudante de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UERGS, escritora nos blogs, Resenhas De Livros vinculado ao site Ler Livros Online e De Olho Em São Marcos e autora de “Normalidade” da série A Ceifeira.

Últimas Postagens de Audrei Bittencourt (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Ficção, Futurismo, Literatura de Misterio, Literatura Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *