Do zero ao gênio -O garoto que lutou pelos seus sonhos-, de Augusto Cury

| 1 de dezembro de 2016 | 2 Comentários

Autor: Augusto Cury.

Editora: Gêmeos Editora.

Páginas: 125.

Capítulos: Prólogo, dez capítulos e Epílogo.

Sinopse: Este livro conta a história de Guto, um garoto de quatorze anos que queria ser um grande homem. Só que era agitado, viciado em celular, não prestava atenção nas aulas. Só estudava no dia das provas e olhe lá. Mas era popular e orgulhoso. De repente, um colega de classe que não gostava dele apostou quem tiraria a melhor nota em Matemática. Ele topou. Mas na hora da prova, teve um branco. O resultado? Tirou zero! A partir daí, ficava tão nervoso nas provas que começou a tirar outros zeros. Guto começou a achar-se o pior aluno do mundo. O garoto alegre foi às lágrimas, o menino popular só queria ficar só. Queria desistir de estudar.
Quando pensou que estava condenado a ser um fracassado, seu inteligente avô, que era um psiquiatra, ensinou-lhe as chaves para abrir o cofre do seu cérebro. E foi fantástico. Foi do zero ao gênio. E, além disso, Guto descobriu o poder dos sonhos. Sonhou em ajudar o mundo a ser melhor e mais feliz. E, assim, começou a mudar a vida das pessoas por onde passava. Até seu pior inimigo se tornou seu melhor amigo. Sonhe junto a este livro e prepare-se para rir, chorar e pensar.

O que eu achei do livro:

Muitas pessoas me disseram sobre esse livro: “É um livro incrível, vale a pena ler” ou “É incrível, li em duas horas e morri de rir” ou também o clássico “Você não vai se arrepender, é um livro ótimo” , mas eu realmente nem ia ler esse livro, a capa era tão sem graça que ao olhar tudo que se passou na minha cabeça foi “Este livro deve ser chato, por que adultos leram” e “Essa capa é tão sem graça, o livro deve ser assim”, sendo toda vez que olhava para sua capa eu pensava que iria morrer com um livro chato e sem graça e com nenhuma emoção, já que o autor é um psiquiatra.

Mas dizendo sempre o velho “Não julgue o livro pela capa e sobre a pressão das pessoas eu li mesmo assim, com um começo monótono, Augusto Cury começa a despertar um sentimento lá dentro que parece que você está no lugar do personagem, mesmo com o livro narrado em terceira pessoa, você ainda se emociona com Guto, o protagonista, que fica louco quando não entende nada do conteúdo, o autor usa as palavras de uma forma que você sente na pele o que ele está passando. O mais engraçado é que o autor fala no início que o nome do personagem é Augusto (Guto), por que quando ele era pequeno se sentia como o Guto se sentiu: Burro, mas quando ele começa a mudar e progredir de uma forma tão grande que acho que ficamos mais emocionado que o próprio personagem.

A melhor parte do livro é no final com a criação da Liga dos Sonhadores, que nos ensina a sonhar atr´[as dos nbossos sonhos, que foi uma ideia genial que nos faz também querer ter uma liga também. A escrita foi sensacional, e o melhor foram as tiradas do Guto, só achei muito estranho a aparição repentina de um novo amigo para o Guto, o Cacá, que apareceu de repente como um fantasma, o que foi muito estranho, mas eu gostei da vida dele, bem realista: Conflitos escolares, pessoas doentes, problemas internos e esternos.

Eu só não entendi o porque do autor escrever na sinopse spoiler do que iria acontecer, o que tinha me motivado a nem ler mais o livro, mas como abandono literário não é uma de minhas características, continuei lendo assim mesmo, mesmo sabendo quase tudo.

Opinião final: Livro legal, divertido até, mas tem tão pouco movimento que recomendo para quem gosta de coisas leves e realistas, principalmente adultos, mas também é muito útil a crianças.

 

 

Pontuação: 3/5

Augusto Jorge Cury, Dr. – é um escritor de psiquiatria e libertação do EU para se tornar diretor da sua própria história. Seus livros já venderam mais de 25 milhões de exemplares somente no Brasil, tendo sido publicadomais de 70 países

The following two tabs change content below.

Emily Damascena

sou viciada em ler e amo fazer trabalhos sobre o que li. gosto de teatro, musica e livros de ficção, vivi lendo livros desde pequena, pois minha mãe não queria contar as mesmas historias todos os dias, então ela me ensinou a ler e me apaixonei ate os dias de hoje. (caso se goste ou não da resenha comente, de a sua opinião,pois e importante para mim) ps.leia também minhas outras resenhas, tenho certeza que você vai gostar, comente, livro que mudou minha vida: As Vantagens de ser invisível( leia também).

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: +Autor, Acadêmico, Autoajuda, Literatura Motivacional, Psicologia

Comentários (2)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Raissa disse:

    Eu quero comprar esse livro mais não dar vou proucuraresponder outro saite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *