Espada de Vidro [A Rainha Vermelha #2], de Victoria Aveyard

| 19 de fevereiro de 2016 | 0 Comentários

A Rainha Vermelha: Vol. 2 – Espada de Vidro, de Victoria Aveyard“O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.
Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.” 

Depois de Mare e Cal terem fugido com a Guarda Escarlate eles vão para o forte de Naercey; o lugar não é mais o mesmo que Mare se lembra, agora ele esta abandonado e não tem mais a alegria das crianças e dos idosos para preenche-lo. Farley ainda tem muitas duvidas em relação a Cal, por ele ser um prateado e irmão do príncipe que traiu todos, mas depois de um ataque surpresa a maioria das duvidas dela são sanadas ao ver o príncipe caído lutando lado a lado com a Guarda para protege-los. Após muitos desentendimentos Mare vai com Cal, Shade, Farley e Kilorn a busca dos sanguenovos e descobre que cada um tem poderes totalmente inimagináveis por todos os prateados e por Maven, e repara que isso pode ser uma grande vantagem.

Nessa sequência de A Rainha Vermelha podemos ver a evolução de todos os personagens, principalmente da Mare, que deixou de ser uma garotinha ladra e assustada de Palafitas e virou uma da “lideres” da revolução. Cal não mudou tanto mas agora mostrou mais o seu lado guerreiro que faz muitas estratégias ao invés do príncipe certinho.

A capa foi um dos principais motivos para me apaixonar, com aqueles detalhes em prata e o vermelho envolto da coroa. O livro tem 496 paginas, é uma leitura longa mas ela flui facilmente. Essa história me deixou de cabelo arrepiado e todas as unhas roídas, ela tem muitos pontos altos que me deixaram alerta. A maioria das duvidas do A Rainha Vermelha são sanadas em Espada de Vidro, mas o que nós podemos esperar de um livro que fala sobre uma revolução civil? Mais e mais duvidas, porém tenho certeza que elas vão acabar na próxima continuação, pois é uma trilogia de livros. O universo em que eles vivem é tão mágico tanto pelos poderes das Casas quanto o dos sanguenovos, porém é um universo muito perigoso, pois muitas vezes poder de mais pode ser prejudicial e grandes problemas acontecerem por uma interpretação de frase de uma forma errada. A autora conseguiu explicar muito bem os conflitos da história e eu achei ótimo o livro seguir uma narração linear, mas seria melhor para o entendimento de todos que outro narrador contasse o seu ponto de vista, pois a única narradora da trama é a Mare. Como um todo a historia e muito boa com personagens envolventes e momentos marcantes, esses momentos me custaram duas noites de sono, porque não conseguia parar de ler e ir dormir. Eu já tinha amado A Rainha Vermelha e poder me aprofundar mais na história dos sanguenovos foi muito especial. Indico esse livro e a nota é 5/5.

Comentem o que acharam do livro e da resenha.

The following two tabs change content below.

Luana Lira

Sou a Luana e amo ler. Comecei a ler desde pequenininha e me apaixonei. Também gosto de escrever então pensei: por quê não juntar o útil ao agradável? Sigam-me, se quiserem: Twitter - @luaa_lira Wattpad - @lualira10 Skoob - http://www.skoob.com.br/perfil/lualira

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Adolescente, Aventura, Distopia, Drama, Ficção, Futurismo, Literatura Juvenil, Victoria Averyard

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *