Iracema, de José de Alencar

| 16 de dezembro de 2014 | 0 Comentários

Capa IracemaEdição: 36
Editora: Ática
ISBN: 8508040776
Ano: 2000
Páginas: 112

Quem não conhece o grande clássico da literatura nacional?

Iracema pinta a história de uma jovem índia, que representa o povo brasileiro apaixonada pelo colonizador português. Iracema não é apenas um romance, mas tem um significado simbólico capaz de contar a história do nascimento de uma nação desde o seu principio e é usada como uma maneira lúdica para explicar aos brasileiros de uma maneira sutil a triste sorte de nossa nação após a chegada de povos europeus a nosso continente.

Neste livro José de Alencar mostra sua perspicácia e talento não só para escrever um romance com características populares e de fácil entendimento, como também usa da popularidade das características de suas obras para tentar inserir no grande povo que o aprecia um sentido de cidadania e de patriotismo.

Esse romance com características regionalistas, porém não deixa de mostrar as marcas pelas quais o autor é conhecido, como a construção da personalidade de uma mulher forte e que não se deixa abalar por convenções sociais e o próprio romance em seu sentido mais puro, mas com o ator masculino desempenhando o papel de um ser fraco e sem coragem que beira mesmo a falta de escrúpulos ou de juízo. Como preferirem.

Muito injustiçado, tem sido considerado um livro chato a que os adolescentes atribuem pouca verossimilhança com a realidade em função de uma visão negativa que possuem a respeito da nossa pátria, porém é na verdade uma obra bastante útil para a formação de uma base cultural sólida, se inserido adequadamente para apreciação pelos professores de literatura. E como de praxe a negação da cultura brasileira e das obras nacionais indica a má qualidade da educação do país.

Iracema é uma obra para ser apreciada por pessoas que gostem de ler, que estejam no ensino médio, que desejem se aprofundar na cultura brasileira ou mesmo desenvolver uma consciência crítica a respeito do desenrolar da educação e da construção da imagem nacional atual.

Nota: 5/5

Biografia: José de Alencar, conhecido romancista brasileiro, um dos maiores na corrente indianista e conhecido como escritor das mulheres. Também foi dramaturgo, jornalista, advogado e político brasileiro.

Outros Livros:Cinco Minutos, romance, 1856; Cartas Sobre a Confederação dos Tamoios, O Guarani, Verso e Reverso, A Viuvinha, Lucíola,As Minas de Prata, Diva, Iracema,
Cartas de Erasmo, O Juízo de Deus, O Gaúcho, A Pata da Gazela, O Tronco do Ipê, Sonhos d’Ouro, Til, Alfarrábios, A Guerra dos Mascates, Ao Correr da Pena e O Sertanejo.

Audrei Bittencourt Maciel, Técnica Agrícola e Agropecuária, estudante de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UERGS, escritora nos blogs, Resenhas De Livros vinculado ao site Ler Livros Online e De Olho Em São Marcos e autora da page Ensino Em São Marcos no Facebook. Autora de “Normalidade” da série A Ceifeira.

VEJA TAMBÉM

Álbum de Família, de Nelson Rodrigues "Albúm de Família" trata dos universos particulares deturpados de seus vários personagens em detrimento da visão dos expectadores de fora do grupo familiar. A obra teve a particularidade de ficar censurada durante quarenta anos. O livro todo é organizado em forma de peça sendo dividido em atos e no...
Paralelos, de Leonardo Alckmin Sinopse - Em um terrível acidente rodoviário, Alexandre morre, mas seu irmão gêmeo Vítor, surpreendentemente, sobrevive. No entanto, ao despertar numa dimensão paralela, autossuficiente e resguardada por instâncias elementares, como o Horizonte de Energia, o Conselho, Deus e os anjos, Alexandre desc...
Estranha Memória, de Roberto Fonseca "Estranha Memória" me surpreendeu positivamente. É um livro que prende a atenção e que definitivamente deveria ser mais valorizado pelos gaúchos, bem como o autor Roberto Fonseca. E é um exemplo de como nós brasileiros devemos ser menos propagandistas com os trabalhos estrangeiros. Este livro tem um...
The following two tabs change content below.

Audrei Bittencourt

Sou uma pessoa diferente, temperamental, com gênio muito forte, divertida e inteligente, gentil e amiga. Tenho paixão por livros desde a primeira série do fundamental e leio pelo menos um por semana. Meus estilos preferidos são romance, terror, mistério e suspense. Autora de "Normalidade" da coleção " A Ceifeira". Técnica Agrícola e Agropecuária, estudante de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UERGS, escritora nos blogs, Resenhas De Livros vinculado ao site Ler Livros Online e De Olho Em São Marcos e autora de “Normalidade” da série A Ceifeira.

Últimas Postagens de Audrei Bittencourt (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Educação, Literatura Nacional, Romance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *