Jogos Vorazes [Jogos Vorazes #1], de Suzanne Collins

| 21 de janeiro de 2014 | 1 Comentário

Capa do Livro Jogos VorazesA América do Norte que todos nós conhecemos não existe mais. Em seu lugar nasce Panem, formada por doze distritos mais capital, antigamente existia o distrito 13, mas esse foi dizimado na guerra. Para garantir que os distritos não se rebelem mais, a Capital instituiu os Jogos Vorazes. Todos os anos, um menino e uma menina de cada distrito são escolhidos para participar do reality show, onde terão que lutar até a morte em busca da vitória.

Katniss Everdeen tem 16 anos, e desde a morte do seu pai ela assumiu o papel de provedora da casa, uma vez que sua mãe entrou em um estado de tristeza profunda, o livro dá a entender que seria depressão, mas eles não contam o que é, e a sua irmãzinha Prim, que precisa de apoio e de comida.

Katniss luta para manter sua família viva na parte mais pobre do distrito 12. Junto com seu melhor amigo, Gale, Katniss caça fora dos limites da cidade, em busca de manter a família sempre alimentada e saudável.

O distrito de Panem se prepara para o sorteio do 74° Jogos Vorazes, é o primeiro ano que Prim é obrigada a colocar o seu nome na colheita. Claro que o destino adora brincar com as pessoas e Prim é a sorteada para participar dos jogos.

Desesperada, Katniss se oferece como voluntária para ir no lugar da irmã e ser o tributo escolhido. Junto com ela Peeta Mellark, o garoto que a ajudou no momento mais difícil de sua vida, é sorteado para os jogos.

Os dois são levados para a capital e lá começam os preparativos. Eles são levados para treinar suas habilidades, aprender como sobreviver dentro da arena, a se alimentar e outras coisas. Lá eles encaram os testes e as entrevistas que determinam, de certa forma, o sucesso deles no jogo. A equipe do distrito 12 faz um grande sucesso no pré jogo, com uma abertura sensacional, tirando notas altas nos testes e indo muito bem nas entrevistas.

Depois, os 24 tributos são encaminhados para a arena, onde começa de verdade os jogos e onde a história fica mais emocionante. Os tributos são largados ali para matarem uns aos outros, até que reste só um.

Durante os Jogos, Katniss mostra sua parte forte, se torna uma guerreira de verdade. Ele encontra algumas facilidades em relação à arena que é uma floresta, porém ela chega a passar sede e a quase morrer.

Por ter sido a competidora com a maior nota nos treinos, Katniss passa a ser perseguida pelos Carreiristas, um grupo formado pelos integrantes do primeiro e segundo distrito e Peeta, o tributo do seu distrito. Em uma das noites, Katniss é encurralada por eles e a sua saída é subir numa árvore e bolar um plano para conseguir escapar dos Carreiristas. Com ajuda de Rue, uma garotinha do distrito oito ela consegue escapar dos Carreirista.

Katniss então forma uma aliança com a pequena Rue e as duas formam uma estratégia para explodir a comida dos Carreiristas, uma que eles juntaram toda a comida e as armas para si. O plano das duas funciona, porém algo ruim acaba acontecendo com a pequena Rue, vocês provavelmente já sabem o que é. Passados os acontecimentos, Katniss se vê mais motivada a ganhar os jogos é e quando uma lei dos jogos é revogada passando a ser dois campeões e não mais um, desde que eles sejam do mesmo distrito.

A nossa heroína agora vai em busca de Peeta, sua única chance de ser uma vencedora.

O livro é lindo, porém muito trágico. É horrível ler tantas mortes, ainda mais de crianças, principalmente das crianças pequenas lutando para manter sua vida.

Também encontrarão romance no livro, bem só no final, mas não é um tipo de romance genuíno, há interesses envolvidos nele.

O livro te faz pensar muito sobre questões de mundo, governo, corrupção, futuro, entre tantas outras coisas que estão acontecendo nos dias atuais e que podem evoluir para uma distopia macabra, como é apresentado no livro. Você fica com uma ideia fixa “E se isso acontecesse mesmo?”. Eu passei boa parte me imaginando lutando nos jogos, tentando bolar estratégias que me fizessem sobreviver e em como eu conseguiria ganhar os jogos.

Se você for como eu que decidiu começar o livro depois de ter visto o filme, sem dúvidas já sabe o final. Mas acredite, o livro ainda guarda muitas surpresas que vão te deixar de queixo caído. E se você nunca viu o filme e nem leu o livro, que tal começar agora! Nas minhas considerações finais vou deixar claro que eu gostei do livro, apesar de algumas partes serem cansativas, o livro é cheio de altos e baixos, porém os altos compensam muito.

“Que a sorte esteja sempre a seu favor.”

VEJA TAMBÉM

Em Chamas , de Suzanne Collins depois de ganhar os jogos vorazes,competição entre jovens transmitida para todos os distritos de Panem,Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos.Os jogos completam 75 anos,m...
A Ilha dos Dissidentes , de Bárbara Morais A Ilha dos Dissidentes conta a história de Sybil Varuna, uma garota que mora numa zona de guerra entre a União e o Império do Sol. Durante um naufrágio ela descobre que é uma anômala, ou seja, uma mutante. O governo manda Sybil para uma grande cidade que abriga pessoas como ela, onde ganha uma casa,...
A Esperança , de Suzanne Collins Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katni...
The following two tabs change content below.

Madlla Pereira

Desde criança eu era apaixonada por livros, sempre gostei de história e de viver conectada a mundos diferentes do meu. Hoje essa paixão de infância se tornou um vicio serio rsrsrs talvez um dia eu vá precisar de de tratamento mais vou passar meus conhecimentos a vocês. Também sou muito fã de series e filmes, principalmente ficção científica.

Últimas Postagens de Madlla Pereira (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Distopia, Suzanne Collins

Comentários (1)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Jasmim disse:

    Adorei a resenha, já vi o filme e tava querendo ler o livro vou começar logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *