O Diário do Meu Melhor Amigo, de Tiagu Reis

| 25 de agosto de 2015 | 0 Comentários

Capa O Diario do Meu Melhor Amigo

Ainda não lançado.

Cada vez mais, venho me surpreendendo pela qualidade dos livros de autores nacionais a que eu tenho tido acesso em parte pela repercussão das resenhas aqui no resenhas, em parte porque novos autores muito bons vem surgindo em nossa geração, sem que necessariamente lhe demos a devida atenção.

Quando comecei a ler “O Diário do Meu Melhor Amigo” pensei que ele era um desse livros de boa qualidade! Bem verdade, que parei por alguns dias porque as duas primeiras páginas me causaram uma sensação de que seria uma leitura triste e complicada, o que ela foi de fato em alguns momentos, mas, muito mais do que isso.

A história de Alexandre é uma daquelas narrativas intrigantes, enervante, contada em primeira pessoa em alguns momentos e por um narrador em outros momentos, que por vezes me fez concluir que é uma trama moderna, muito semelhante a “Dom Casmurro” de Machado de Assis.

A trama começa a ser delineada no cenário de uma festa bem sucedida, mas muito mau fadada. Alexandre, o personagem principal, acorda no meio da manhã do primeiro dia do ano e ao seu redor roupas, copos, garrafas de bebida e todos os tipos de lembranças do dia anterior. As pessoas já haviam ido embora sem que se soubesse para onde, inclusive, como pode constatar depois, seu melhor amigo Otávio, que não pode ser encontrado.

É exatamente nesse ponto, que a história prende a sua atenção e a cada momento vão surgindo surpresas, como a namorada de Otávio, saindo praticamente nua, do quarto de Alexandre, sem que ele imagine como ela chegou lá, tendo apenas uns flashes de memória e Até mesmo um dos convidados da festa entrando completamente ensaguentado e caindo no chão da cozinha.

A partir desse dia aparentemente nada mais será igual para Alexandre. Um turbilhão de acontecimentos, aparentemente sem sentido toma conta da vida do rapaz. É quando o leitor passa a andar atrás de Alexandre no livro, verificando o seu celular e examinando cada frase que é dita. Pelo menos foi o que eu fiz.

O mistério crescente do livro, faz  com que o leitor beba cada detalhe, em busca de uma possível resposta que pareça fazer sentido, enquanto se enovela sempre mais em contradições e comentários maliciosos dos personagens que não temos certeza se conhecemos ou não, enquanto sofremos com a maldita traição do melhor amigo.

O melhor mérito de Tiagu Reis é envolver e sensibilizar o leitor, para a situação interna do Alexandre. Não é como se o Alexandre fosse o seu amigo querido, é como se você próprio fosse um entidade, que nasceu colada ao Alexandre e soubesse tudo que é necessário saber sobre a vida do querido personagem.

O desfecho final do livro não poderia ser mais intrigante e surpreendente, mas acredito que todos terão sua própria oportunidade de conferir por si mesmos.

Indico o livro para todos que gostam de suspense e inclusive para quem está em suas primeiras leituras, afinal a linguagem é fácil e fluida, nem um pouco entediante e o livro possui uma qualidade indelével, para quem quer começar no mundo da leitura com o pé direito. O livro ainda não foi publicado, mas está no Wattpad para quem quiser conferir.

Tiagu Reis é um jovem publicitário que decidiu a escrever seu primeiro livro, demonstrando muito talento e um estilo bastante agradável. Esperamos que resolva lançar logo “O Diário do Meu Melhor Amigo”.

Nota: 5/5

VEJA TAMBÉM

Após o Anoitecer, de Haruki Murakami O que acontece quando estamos todos dormindo? A vida noturna, às vezes nunca vista por alguns, é narrada por Haruki Murakami de uma forma peculiar até. Acontece que, enquanto leitores, nós somos convidados pelo narrador a assistir o que acontece durante uma madrugada na vida de algumas pessoas na ci...
The following two tabs change content below.

Audrei Bittencourt

Sou uma pessoa diferente, temperamental, com gênio muito forte, divertida e inteligente, gentil e amiga. Tenho paixão por livros desde a primeira série do fundamental e leio pelo menos um por semana. Meus estilos preferidos são romance, terror, mistério e suspense. Autora de "Normalidade" da coleção " A Ceifeira". Técnica Agrícola e Agropecuária, estudante de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UERGS, escritora nos blogs, Resenhas De Livros vinculado ao site Ler Livros Online e De Olho Em São Marcos e autora de “Normalidade” da série A Ceifeira.

Últimas Postagens de Audrei Bittencourt (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Drama, Ficção, Literatura Nacional, Suspense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *