O Menino No Espelho, de Fernando Sabino

| 1 de outubro de 2016 | 0 Comentários

O que você quer ser quando crescer?

“O Menino No Espelho” Livro de 1982 publicado pela editora Record reúne histórias marcadas na infância do autor. Aventuras de um garoto mineiro que se levava pela imaginação, sonhos e vontade de viver estes mesmos sonhos. Algumas foram vividas, por outro lado outras apenas imaginadas, pois quando crianças tocamos o céu e achamos coisas difíceis tão fáceis.

Sabino era um garoto muito esperto. E foi muito bom conhecer suas lembranças do tempo em que o mundo era feliz e as pessoas davam bom dia umas as outras. É para ler com um sorriso no canto da boca e se divertir com o menino que, como a maioria das crianças, gostaria de ter uma cópia para delegar todas as tarefas chatas do dia, enquanto o original se ocupa apenas da diversão. Ou simplesmente, alguém com gostos semelhantes para não ter confusão na hora da brincadeira. 

 

“Por que diabo eu queria encontrar alguém igual a mim? É o que eu ficava pensando, ao olhar a minha própria figura refletida no espelho. Eu não achava graça nenhuma em mim, confesso que desde então eu já não era o meu tipo. Mas era comigo mesmo que eu tinha de viver e, neste caso, um menino feito aquele ali diante de mim é que eu gostaria de encontrar, sem tirar nem pôr. Um menino que, em tudo e por tudo, fosse absolutamente igual a mim – porque do contrário não tinha graça.”

 

Hoje em dia temos a obra em uma longa-metragem (filme) que é bom, mas para os amantes de livros: UM FILME NUNCA SUBSTITUIRÁ UMA LEITURA! De 5 estrelas com certeza darei as cinco!

A obra é totalmente infantil.

VEJA TAMBÉM

Caminhos de sangue, de Moira Young "Num consigo falar, num consigo respirar. O Lugh foi embora,embora. Meu coração de ouro foi embora. Eu ajoelho na poeira, as lágrimas escorrem pelo meu rosto e uma chuva forte,vermelha, começa a cair."
The following two tabs change content below.

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *