O Poder do Silêncio, de Eckhart Tolle

| 19 de maio de 2016 | 0 Comentários

 

Capa do Livro O Poder do Silêncio

O Poder do Silêncio, de Eckhart Tolle, nos convida a uma viagem interior nos permitindo entender o verdadeiro sentido da felicidade, que está no Agora, através de frases curtas e de fácil compreensão você conseguirá ir além da mente pensante e descobrir do que o seu “verdadeiro eu” precisa.

O poder do Silêncio é transformador porque nos liberta dos nossos pensamentos, medos, desejos, ansiedade, tédio, mágoas e sofrimento, ou seja, do nosso ego. Consequentemente, contribui para alcançarmos o nosso estado de paz e felicidade interior.

Essa viagem é percorrida pelo leitor por meio de dez capítulos distribuídos em 78 páginas, nas quais o autor transmite suas mensagens de modo simples, claro e profundo. São abordadas questões como a natureza, a morte e a eternidade, a aceitação e os relacionamentos.

Nesse livro você entenderá que a calma e o silêncio não são apenas ausência de barulho e sim a própria inteligência, de onde emanam todas as formas de vida, inclusive a sua.

Quando você experimenta o Poder do Silêncio na sua vida entende que os conflitos são criados pelo ego e não por quem você de fato é, isto é, seu “verdadeiro eu” então, os problemas passam a não mais existir, você verá seus relacionamentos íntimos de outro prisma porque, simplesmente reconhecerá o outro como ele é e não como pensa que ele é.

A leitura te faz entender claramente que o passado já passou e te fez quem você é hoje, e o futuro será consequência do que você está fazendo agora e por isso devemos viver o presente, se atentar e perceber o que ocorre ao nosso redor. Pois, quando vivemos o Agora e damos atenção para com aquele momento, nos conectamos com o silêncio.

“Deixe que a vida seja” (TOLLE, pag. 49) é uma afirmativa que expressa bem a aceitação do momento presente e quando entendemos isto sentimos uma profunda paz interior.

A visão do autor é espiritualista e não se vincula a nenhuma religião embora, seus ensinamentos sejam apresentados de forma similar aos sutras indianos.

Para aqueles que apreciam as leituras reflexivas e estão dispostos a mudarem alguns hábitos, ou simplesmente buscam um estado interior em paz vão gostar da leitura.

O alemão E. Tolle se dedicou a escrita espiritualista após passar por uma grandiosa mudança espiritual aos 29 anos de idade e passou a entender o caminho a favor da paz e contra o sofrimento interno.

 

VEJA TAMBÉM

Dois Garotos se Beijando, de David Levithan Quando dois garotos decidem quebrar o mais novo recorde de beijo mais longo dado, isso acaba não afetando apenas eles, como também muitos outros adolescentes nos arredores. Dois garotos se Beijando é a história de alguns deles. Não é apenas um romance: É David Levithan. Dois Garotos se Beijando é um...
O Código da Inteligência, de Augusto Cury Ao olhar para a capa de “ O código da inteligência” de Augusto Cury, provavelmente você pensaria que é mais um desses livros de autoajuda que tenta encaixar as pessoas em um padrão, um livro cheio de frases no imperativo dizendo “faça isso e seja feliz”. Entretanto, apesar da impressão inicial é um ...
The following two tabs change content below.

Daniele Barretto

Gosto de ler romances, assuntos sobre Filosofia, Meio Ambiente e Psicologia principalmente, os que abordam temas comportamentais. Adoro cinema! Dentre os diversos gêneros prefiro os dramas, os baseados em livros e em histórias verídicas.

Últimas Postagens de Daniele Barretto (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Autoajuda, Eckhart Tolle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *