Cidade de Vidro [Os Instrumentos Mortais #3], de Cassandra Clare

| 26 de janeiro de 2016 | 2 Comentários

Em busca de uma poção para salvar a vida de sua mãe, Clary deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras. Mas à medida que se aproxima de Ragnor Fell, o feiticeiro que pode curar a mãe, ela descobre segredos sobre seu passado e o de Jace – e o irmão não hesita em deixar claro que não a quer por perto. Isso Clary já entendeu, ela só não imagina que está prestes a participar de uma batalha épica, na qual Caçadores de Sombras e integrantes do Submundo terão que se unir se quiserem sobreviver.”

O terceiro livro da serie dos Instrumentos Mortais começa falando sobre a importante reunião que iria acontecer em Alicante, a famosa Cidade de Vidro (visível apenas para shadowhunters). Clary queria muito ir, não só pela reunião mas para conseguir uma poção para tirar sua mãe do coma, mas Jace a impede por achar que era perigoso e ela acaba chegando atrasada por isso cria um portal próprio em que só ela e Luke passam. Quando os dois chegam na Cidade de Vidro acabam caindo numa das fronteiras da cidade e quase se afogam num lago onde a agua é totalmente envenenada para shadowhunters , e Clary por não saber desse detalhe bebe muita água sem querer e acaba acordando numa das margens do lago com Luke olhando-a preocupado. Quando Clary chega no centro de Alicante descobre muita coisa sobre o passado do que  Luke era antigamente e conhece a irmã dele. Depois de todas essas descobertas ela vai atrás de Jace e acha ele e todos os Lightwood que estavam hospedados na casa dos Penhallow; depois de discutir com Isabelle e conhecer o misterioso Sebastian Verlac  ela consegue ir para o segundo andar da casa e lá vê uma coisa que nunca queria ter visto.

Eu não tenho comentários para os personagens novos desse livro, eles mexeram muito comigo e sempre vou lembrar-me deles por serem tão perfeitos.

Esse com toda certeza é o melhor livro da série dos Instrumentos Mortais. Podemos nos aprofundar bem mais em toda a historia dos shadowhunters, desde a criação de todos eles até quais são os Instrumentos Mortais. Todos os acontecimentos são totalmente inéditos, inacreditáveis e eu os amei. Esse livro finaliza a primeira trilogia dos Instrumentos Mortais, mas a serie não acaba por ai, pois depois dele já existe outra trilogia que é a ultima. Não tem como eu falar que não me apaixonei pelo livro… o contexto, personagens, narração, sucessão dos fatos são perfeitamente arranjados e mesmo o narrador mudando muito de lugar dá para entender tudo e não ficar com nenhuma dúvida. Os flashbacks não são tão longos e isso facilita a leitura. Muitas dúvidas são esclarecidas, segredos são revelados, histórias são contadas e todos ficamos na expectativa; confesso que não consegui parar de ler por um segundo sequer.  A leitura não é só juvenil, pois já vi muitos adultos lendo Cidade de Vidro. Sem dúvida a nota é 5\5 e recomendo esse livro para todos, mesmo sendo um pouco suspeita por Os Instrumentos Mortais ser a minha série de livros favorita.

Comentem o que acharam do livro e da resenha.

The following two tabs change content below.

Luana Lira

Sou a Luana e amo ler. Comecei a ler desde pequenininha e me apaixonei. Também gosto de escrever então pensei: por quê não juntar o útil ao agradável? Sigam-me, se quiserem: Twitter - @luaa_lira Wattpad - @lualira10 Skoob - http://www.skoob.com.br/perfil/lualira

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Tags:

Categoria: +Autor, Adolescente, Drama, Ficção, Romance

Comentários (2)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Camila disse:

    muito toop, eu quero ler o livro todo como eu faço, v sabe me dizer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *