O Livro dos Pássaros Mágicos, de Heloisa Pietro

| 6 de fevereiro de 2016 | 0 Comentários

 

Esse livro é uma coleção de histórias sobre pássaros,mitológicos ou não,de vária culturas diferentes,escolhido por um interesse pessoal.Voe com sua imaginação.

O primeiro texto é “O Íbis,a ave do Egipto” escrito em forma de poema por Fernando Pessoa,onde conta um pouco da vida de uma Íbis e um pouco de suas características.

“O Albatroz” é uma lenda da tradição celta em que diz que quando ele passa por uma nau abençoa com bons ventos,se ele for morto por um marinheiro,seu navio será afundado e todos morrerão.

“A Fênix” é uma história greco-romana em que não tem sexo,e a cada mil anos voa para cima de uma palmeira com o mesmo nome que o seu,onde faz um ninho de especiarias,que também joga em cima de si mesma e espera o Sol a esquentar, onde queima e vera uma semente e de lá brota a nova Fênix e leva os seu restos em uma bola para a cidade do Sol.

”O Pica-Pau” foi contado por Luiz Felippe Pietro onde essa ave tem uma raiz que destranca tudo,também chamado de raiz da liberdade.

“A Garça”é um conto japonês em que Kotaro cuida de uma garça ferida e alguns dias depois uma mulher desconhecida se casa com ele e com ajuda dela começa a enricar, mas a sogra curiosa descobre que ela é uma garça e ela voa,quando Kotaro a encontra ela está morta.

“Patos e Galinhas” é um ensinamento sufi. Onde se um pato estiver sendo criado por uma galinha, não deve pensar que é um pintinho.

“O Melro e o Ouro” é um conto siberiano em que o Melro vai atrás de ouro do rei guardião dos tesouros, que lhe daria tudo se ele não tocasse antes de pedir,mas ele tocou no ouro antes de pedir e suas penas foram queimadas e ficaram pretas e também ficou com um bico de ouro.

“A Águia Encantada” é um conto da tradição celta em que Taliesien era um poeta que se transformava em aves onde geralmente era uma águia encantada com uma força sobrenatural.  Quando desapareceu em universos ocultos,ele emprestou parte de sua astúcia a todas as águias do mundo,de modo que até hoje elas são símbolo de sagacidade e sabedoria.

“O Pássaro do Trovão” é uma lenda indígena norte americana, em que ele fica preso entre precipícios de uma montanha é quebra a asa,mas como ele consegue controlar os 4 ventos,consegue subir ao céu,mas cada vez que ele lembra de sua dor lança trovões na terra.

“O Pássaro Iworo” é um conto nigeriano em que a deusa Oxum foi raptada pelo deus Xangô, que a colocou em um palácio cercado de fogo, onde só sairia de lá se ela o amasse, então Olorum, o deus do universo a transformou numa Iworo, pássaro que traz uma pluma brilhante na cabeça,e desde aquele, dia ela passou a proteger os pássaros, considerando seus mensageiros.

“Dois abutres” é uma lenda egípcia em que cada um deles tem um dom:o primeiro dizia ver tudo que se passava no mundo e o segundo dizia ovir tudo que se dizia no mundo, onde o pássaro Neh roubou um peixe de um leão que foi amaldiçoado por Ré onde depois de comer morreu.

“O Rouxinol e a Rosa” é um texto de sufismo em que ele se apaixona por uma rosa é a Poupa manda ele esquece-la, pois ela não dura mais que oito dias.

“O Falcão” é um texto de sufismo em que ele foge da corte,sendo a ave preferida do rei,então um homem comum o encontrou e lhe cortou o bico as asas e as garras.

Txunô, a Andorinha é um conto brasileiro em que Bako captura uma andorinha que pede para não prende-la em troca de ele viagar com ela para o céu, então ele voltou a terra e contou para as pessoas como o céu e maravilhoso.

“As aves da arca de Noé” é uma historia hebraica em que a humanidade era muito violenta, exceto Noé que mandado por Deus construiu uma arca para abrigar os animais do dilúvio.quando acabou a chuva, ele soltou um corvo que não voltou e depois uma pomba que voltou,depois de sete dias soltou de novo e voltou de novo com uma folha de oliveira e depois de sete dias ele a lançou de novo e ela não voltou, então ele olhou e viu que a água baixou e então saiu da arca.

Bibliografia

O Íbis, Ave do Egipto

Fonte: PAIS, Amélia Pinto. Fernando Pessoa, o menino da sua mãe.São Paulo: Companhia das Letras,2009.

O Albatroz

Fonte:PAGE,Michael e INGPEN,Robert.Encyclopedia of things that never were:creatures, places and people.Londres:Studio,1985.

Fênix

Fonte: Marcos Martinho dos Santos, professor doutor em Letras Clássicas da Universidade de São Paulo,ofereceu as seguintes informações:Entre outros autores gregos e latinos ,o historiador grego Heródoto (séc. V a.C.),ao se tratar do egípcios,falou do fênix(Heródoto,”Livro ii, Capítulo 73”).O historiador natural latino Plínio,o Velho(23-79 d.C.)descreveu com alguma minúcia o ninho de especiarias da ave e o crescimento dela(Plínio, o Velho, “História Natural,Livro x, Capítulos 3-5”).

O Pica-Pau

Fonte:A contextualização foi feita a partir de Câmara Cascudo.Dicionário de folclore brasileiro.5.ed.Belo Horizonte:Itatiaia,1984.

A Garça

Fonte:NOVAK,Miroslav;CERNA,Zlata. Contes japonais.Paris:Grund,1970

Patos e Galinhas

Fonte:ATTAR,Farid ud-in.A linguagem dos pássaros.Trad. Álvaro de Sousa Machado e Sergio Risek. São Paulo: Atar Editorial

O Melro e o Ouro

Fonte: Mille Contes d’ animaux. França: Milan, 1993.

A Águia Encantada

Fonte: COTTERELL, Arthur.The encyclopedia of mitology:classical celtic norse. Londres: Smithmark Publishers, 1996

O Pássaro do Trovão

Fonte: LANKFORD, Georde E. Native American Legends. Arkansas (EUA):August House,1987.

O Pássaro Iworo

Fonte: VERGER,P. Notas sobre o culto aos Orixás e Voduns. São Paulo. Edusp, 1999, p. 411.

Dois Abutres

Fonte: TOMEK, Jiri. Legendes et contes des pharaons, recontado por Jean e Renée Karel. Paris: Ground, 1985

O Rouxinol e a Rosa

Fonte: ATTAR, Farid ud-din.A linguagem dos pássaros. Trad. Álvaro de Sousa Machado e Sergio Risek. São Paulo: Attar Editorial.

O Falcão

Fonte: Mathnawia- Jalaluddin Rumi.  In. SHAH, Idries. Os sufis. São Paulo: Cultrix,1997.

As Aves da Arca de Noé

Fonte:ALMEIDA, João Ferreira de (tradutor e adaptador). Bíblia sagrada. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 1995.

Txunô, a Andorinha

Fonte: CASCUDO, Câmara. Dicionário de folclore brasileiro. 5. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 1984.

VEJA TAMBÉM

Mentira Perfeita, de Carina Rissi O que falar desse livro? Sinceramente tenho que admitir que não esperava muito dele, na opinião de uma simples leitora como eu, A Carina Rissi, com o livro Procura-se um marido, já tinha dando o que tinha que dar, e não achava que havia um jeito de criar uma historia com o irmão de Max, o mulherengo...
Eleanor & Park, de Rainbow Rowell Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado p...
The following two tabs change content below.

Emily Damascena

Em meio ao caos, ao mundo, ao exército de problemas e complexidades essa garota lê. É bem improvável ela não estar lendo ou escrevendo, ou as duas coisas ao mesmo tempo. Divide o resto de seu tempo com Deus, livros, filmes, séries, cadernos, computador, cama, irmãs, trabalho e não perde uma oportunidade de fazer um belo bolo para a família.

Últimas Postagens de Emily Damascena (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: +Autor, Acadêmico, Contos, Literatura Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *