A Travessia, de William P. Young

| 18 de julho de 2016 | 0 Comentários

A Travessia

O livro “A Travessia” (Tendo 197 páginas, 20 capítulos e uma nota do autor) é do escritor William P. Young e da Editora Arqueiro, nos conta a história de Anthony Spencer (Tabém chamado de Tony), um multimilionário e grande paranoico que mora em Portland, no estado do Oregon, não acreditando na felicidade e baseando seu sucesso pessoal na administração e na construção de imóveis e sendo bem sucedido. Se casou suas vezes com a mesma mulher, sendo o primeiro divórcio pelo fato de incompatibilidade de gênios tendo como resultado do casamento um casal de filhos, a garota sendo bem rebelde mora com a mãe do outro lado do país e o filho era outro caso, sendo agora hiper vigilante e com sua mente em constante estado de alerta. Certo dia ele sofre um AVC e acorda em uma paisagem desolada que descobre ser uma representação de seu estado emocional e interior, recebendo os cuidados de uma idosa chamada Vovó, que mais tarde descobre ser o Espírito Santo e por um homem misterioso que depois descobre ser Jesus. Vendo como sua vida foi um desastre, Tony pede outra outra chance a Deus e suas preces foram atendidas, tendo como uma oportunidade de curar alguma pessoa que ele quiser, então ele vê pela visão das pessoas  estando dentro de suas mentes e passando de pessoas para pessoas com ações de Amor e sempre voltando a paisagem desolada quando elas dormem

O que eu achei do livro:

Sinceramente, esse foi um livro que me perturbou e me deixou criticando as coisas mais que o normal e começou a confundir minha mente, precisando que eu lesse várias vezes para entender e me deixando um pouco confusa com o livro e a Bíblia, então se você é muito religioso e se confunde fácil com os livros, tendo que voltar várias vezes para entender, não recomendo que leia esse livro, além do protagonista do livro me decepcionar muito pelo fato dele se matar no final, depois de tudo que aprendeu e das pessoas que conheceu, então não recomendo, sendo uma leitura que dá um peso na consciência.

Pontuação: 2/5

Sobre o autor: William Paul Young (Alberta, 11 de Maio de 1955) é um escritor canadense, mais conhecido por sua obra. O mais velho de quatro filhos, Young passou grande parte da sua infância na Papua– Nova Guiné, junto com seus pais missionários, numa comunidade tribal. Os membros da tribo vieram a se tornar parte de sua família. O fato de ser a única criança branca na comunidade e que sabia falar sua língua veio a garantir um incomum acesso à cultura e à comunidade local. Pagou seus estudos religiosos trabalhando com DJ, salva- vidas e em diversos outros empregos temporários. Formou-se em Religião em Oregon, nos Estados Unidos da América.

The following two tabs change content below.

Emily Damascena

sou viciada em ler e amo fazer trabalhos sobre o que li. gosto de teatro, musica e livros de ficção, vivi lendo livros desde pequena, pois minha mãe não queria contar as mesmas historias todos os dias, então ela me ensinou a ler e me apaixonei ate os dias de hoje. (caso se goste ou não da resenha comente, de a sua opinião,pois e importante para mim) ps.leia também minhas outras resenhas, tenho certeza que você vai gostar, comente, livro que mudou minha vida: As Vantagens de ser invisível( leia também).

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Drama, Ficção Histórica, Psicologia, Religião, Uncategorized, Willian P. Young, Willian P. Young

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *