Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei, de Paulo Coelho

| 5 de agosto de 2017 | 0 Comentários

INFORMAÇÕES:

Título: Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei

Autor: Paulo Coelho

Editora: Rocco

Lançamento: 1994

Páginas: 186

 

 

 

 

 

 

 

SINOPSE:

Em toda história de amor sempre existe algo que nos aproxima da eternidade e da essência da vida, porque as histórias de amor encerram em si mesmas todos os segredos do mundo.

Pilar é uma jovem do interior da Espanha com muitos sonhos frustrados. Quando um amigo de infância volta a entrar em contato, ela se surpreende ao descobrir que seu primeiro amor se tornou um líder religioso e é reverenciado como milagreiro.

Ao se reencontrarem, porém, ambos são unidos por um único desejo: o de tornar seus sonhos realidade. Para isso, têm que vencer muitos obstáculos interiores, como o medo da entrega, a culpa e o preconceito.

Numa peregrinação espiritual através das montanhas dos Pireneus, os amantes trilham o árduo caminho do reencontro com as próprias verdades.

 

“Na Margem Do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei” é um livro cheio de emoções, tanto na parte espiritual como na parte amorosa, podendo levar ao leitor várias descobertas e repensar opiniões formuladas.

Pilar mora em Zaragoza, uma cidade no interior da Espanha. Lá pretende morar e viver pelo fim de sua vida. Mas um convite pode mudar essa sua escolha. Seu melhor amigo de infância que trocara por 11 anos carta com ela desde sua partida, disse que estaria em um palestra em Madri, ele a convida para a palestra e ela aceita. Chegando lá fica surpresa ao descobrir que seu amigo virara um Seminarista. A insegurança, medo, amor reprimido faz com que queira voltar no mesmo instante a Zaragoza, o que não faz. Durante a viagem que os dois fazem, Pilar vai descobrindo o que seu amor de infância se tornara, as faces de Deus, a criança que temos em nós, e a força do amor… O que faz Pilar repensar atitudes e se entregar ao que seu coração está falando. O casal visita vários lugares, onde cada um em particular mostra um ensinamento…  Quando não mais podendo segurar o amor reprimido, Pilar deixa a pose de dura de lado e se entrega ao amor. Será tarde demais? Ele pode ter desistido? Leia essa maravilhosa história e descubra!

 

Trechos do Livro:

Às vezes somos possuídos por uma sensação de tristeza que não conseguimos controlar, 
dizia ele. Percebemos que o instante mágico daquele dia passou, e nada fizemos. Então, 
a vida esconde sua magia e a sua arte.
Existem muitas maneiras de se cometer suicídio. Os que tentam matar o corpo ofendem a lei de 
Deus. Os que tentam matar a alma também ofendem a lei de Deus, embora seu crime seja menos 
visível aos olhos do homem.
Aquele que é sábio, só é sábio porque ama. E aquele que é tolo, só é tolo porque pensa que pode entender 
o amor
O amor é cheio de armadilhas. Quando quer se manifestar, mostra apenas a sua luz – e não nos permite ver as sombras 
que esta luz provoca.
“Ridículo”, penso comigo mesma. “Não existe nada mais profundo que o amor. Nos contos infantis, as princesas beijam os sapos e eles se transformam em príncipes. Na vida real, as princesas beijam os príncipes e eles se 
transformam em sapos.”

 

– Já amei antes. 
Amar é como uma droga. No começo vem a sensação de euforia, 
de total entrega. Depois, no dia seguinte, você quer mais. 
Ainda não se viciou, mas gostou da sensação, e acha que 
pode mantê-la sob controle. Pensa na pessoa amada durante 
dois minutos e esquece por três horas.
“Mas aos poucos, você se acostuma com aquela pessoa, e passa a 
depender completamente dela. Então pensa por três horas, e esquece 
por dois minutos. Se ela não está perto, você experimenta as mesmas 
sensações que os viciados têm quando não conseguem a droga. Neste momento, 
assim como os viciados roubam e se humilham para conseguir o que precisam, 
você está disposto a fazer qualquer coisa pelo amor.”

 

The following two tabs change content below.

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Tags: , , , , ,

Categoria: Ficção, Literatura Nacional, Religião, Romance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *