Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J. K. Rowling

| 21 de dezembro de 2015 | 0 Comentários

Lista de resenhas do livro Harry Potter e a Pedra Filosofal

Harry Potter e a Pedra Filosofal

Harry Potter e a Pedra Filosofal

Resenha #1

O livro nos trás a historia de Harry Potter, menino que quando tinha apenas um ano teve seus pais assassinados pelo Lord Voldemort e se não bastasse matar seus pais ele ainda tentou mata-lo também, mas por algum motivo desconhecido não conseguiu  deixando apenas uma cicatriz em forma de raio na testa de Harry onde o feitiço foi lançado. Depois desse incidente Voldemort nunca mais foi visto, alguns bruxos acharam que ele morreu e outros que ele só perdeu seus poderes e esta esperando o melhor momento para voltar.

Ele vai ser famoso, uma lenda. Eu não me surpreenderia se o dia de hoje ficasse conhecido no futuro como o dia de Harry Potter. Vão escrever livros sobre Harry. Todas as crianças no nosso mundo vão conhecer o nome dele!” (Professora Minerva – Página 17)
Depois da morte de seus pais ele foi deixado para ser criado pelo seus tios, por serem trouxas¹ e isso o deixaria ser criado de forma normal sem sentir os males de sua fama. Mas acabou não sendo uma coisa boa para Harry. Seus tios, sr. e sra. Dursley tem um filho Duda, que é o projeto de criança mais mimada possível, nunca gostaram realmente de Harry tratando ele como capacho e sempre deixando as sobra para ele. Uma criação com certeza sem nenhum pingo de amor.
Tudo fica tão confuso quando todos não param de dizer “Você-Sabe-Quem”. Nunca vi nenhuma razão para ter medo de dizer o nome de Voldemort.” (Dumbledore – Página 15)
Mas tudo mudou para Harry quando misteriosas cartas começaram a chegar para ele fazendo seu tio pirar e não deixa-lo lê-las, fazendo de tudo para impedir que elas chegassem ele levou todos para o mais longe possível. Porem isso não impediu que Hagrid encontra-se eles e contasse a verdade sobre os seus pais para Harry, que eles foram bruxos incríveis e que ele também era um bruxo e foi escolhido para frequentar a famosa escola para bruxos Hogwarts. Por mais que os Dursleys não quisessem que Harry fosse eles na verdade não tinha escolhas.
Depois de fazer as compras necessárias para o começo das aulas e de mais alguns dias na casa de seus tios Harry finalmente esta indo para Hogwarts, e claro que para ir é de trem(porque trens são sempre o melhor transporte em livros), e no trem é onde ele conhece os seus futuros melhores amigos Ronny, Hermione e Neville. E a primeira coisa no seu novo mundo bruxo é a escolha das casas e onde define que eles realmente estariam juntos.
— Sonserina, não, hein — disse a vozinha — Tem certeza? Você poderia ser grande, sabe, está tudo aqui na sua cabeça, e a Sonserina lhe ajudaria a alcançar essa grandeza, sem dúvida nenhuma, não? Bem, se você tem certeza, ficará melhor na Grifinória!” (Chapéu Seletor – Página 108)
Os dias foram passando em Hogwarts e algo estranho estava acontecendo, algo estava tentando roubar um artefato desconhecido e tudo que Harry e seus amigos podem tentar fazer é impedi-lo e isso os levará a uma incrível aventura onde cada um será desafiado e levado a mostrar seu valor.
Harry jamais acreditava que fosse encontrar um garoto que ele detestasse mais do que Duda, mas isso foi antes de conhecer Draco.” (Página 126)
Resenha escrita por Mrs. Stark
Você pode ler todos os meus posts aqui

Resenha #2

Harry Potter e a Pedra Filosofal, primeiro livro da série Harry Potter e da escritora britânica J.K. (Joanne Kathleen) Rowling, foi inicialmente rejeitado por diversas editoras até ser finalmente lançado em 1997 pela Bloomsbury, na Grã-Bretanha, e chegar aos brasileiros em 2000, pela Rocco.

É uma verdadeira obra de arte, para ser lido não apenas por crianças, mas por todo o tipo de pessoas, de todas as idades. A história fala de amor, amizade, coragem e perda, e também nos mostra que a magia é real: só depende de nós.

O livro, que se tornou uma febre mundial, conta a história do pequeno Harry Potter, que é apenas um bebê quando seus pais morrem, e é deixado na porta da casa dos Dursley: seus detestáveis tios, Petúnia e Valter, e o primo, Duda.

Reprimido de toda a forma pelos tios, primo, colegas e por toda a vizinhança, Harry se sente (e é tratado como) um intruso em sua própria casa. Os tios se gabam se serem perfeitamente normais, obrigado, e detestam qualquer coisinha que possa parecer incomum. Os Dursley nunca falam dos pais de Harry quando podem evitar, e qualquer coisa que saia fora de controle é culpa do garoto, mesmo que ele não esteja por perto. Mas a vida de Harry começa a mudar quando ele recebe uma carta e tio Válter o impede de lê-la. Como Harry continua a receber cartas idênticas à primeira, sem parar, eles começam a fugir da cidade: se hospedam em alguns lugares no meio da estrada, mas as cartas sempre os encontram. Quando começam a pensar que estão a salvo (em um casebre abandonado, numa ilha no meio do mar), à meia-noite, no aniversário de Harry, o gigante Rúbeo Hagrid invade a cabana e conta a verdade: Harry Potter é um bruxo, e tem uma vaga na escola de magia e bruxaria de Hogwarts.

A vida de Harry muda completamente: logo sai para comprar caldeirões, varinhas, vestes e livros, e fica conhecendo um pouquinho do mundo onde vai viver, quando visita o Beco Diagonal. Lá ganha sua primeira coruja e fica sabendo que, quando tinha um ano de idade, derrotou o pior bruxo que já existiu, o Lorde das Trevas, Voldemort. Também descobre que todos por lá já o conhecem e o adoram: afinal, ele é o garoto que sobreviveu! Mas nada se compara a quando vai para Hogwarts. Lá fica amigo de Rony Weasley, Hermione Granger e tantos outros, e se descobre envolvido em um mundo de magia que, até então, só existia em seus maiores sonhos. Entre vassouras voadoras, quadros que se movem e falam, escadas que trocam de lugar e peças de xadrez que se movem sozinhas, Harry vai perceber que ali, sim, é sua verdadeira casa.

Resenha escrita por Ana Paula
Idade: 16 anos
Você pode ver todos os meus posts aqui

Resenha #3

O primeiro livro da saga narra a história de um garoto, Harry Potter, que se descobre bruxo ao receber uma carta de aceitação na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Criado com os tios, ele sempre acreditou na história contada por eles de que seus pais haviam sido mortos em um acidente de carro, descobrindo aos onze anos de idade que na verdade eles eram bruxos que foram mortos por um bruxo das trevas. A partir desse momento ele embarca numa grande aventura com seus dois amigos, Ronald e Hermione, nessa escola para aprender mais sobre seu passado e sua nova vida, no decorrer enfrenta diversas situações de risco para provar sua coragem e bravura, lutando contra fortes inimigos pela vida de seus amigos e por sua própria vida.

J. K. Rowling trabalha bem em seu livro de cento e cinquenta e cinco páginas divididas em dezessete capítulos para contar o que seria apenas o início dessa história em um dos sete livros da saga focada em um garoto bruxo e seu passado que sempre o persegue. Harry, por ter vivido toda a sua vida sem se conhecer de verdade, torna-se um garoto curioso sempre em busca de respostas que lhe são ocultas. E em seu primeiro ano de escola ele vive diversas aventuras mágicas, e, por sua curiosidade de querer saber mais sobre si, acaba se envolvendo sempre em várias confusões e problemas.

Apesar de ser um livro com poucas páginas, vejo que ele pode captar bem a atenção do leitor e, as vezes, fazer com que nos sintamos dentro de suas grandes aventuras, de suas lutas e seus mistérios. Também é um livro de fácil compreensão devido a sua escrita descomplicada e seus muitos detalhes sobre pessoas, locais ou coisas as quais o livro se refere. É uma boa leitura de fim de semana, viagens ou até mesmo durante um intervalo no trabalho apenas para se distrair, porém, por ser parte de uma saga, e principalmente como o primeiro livro da saga, sua história não é completamente clara e, para ser entendida, todos os livros devem ser lidos, com um ponto positivo por ser um conto divertido e encantador.

Este é um livro de fantasia, ficção, aventura e até romance para ser lido por pessoas de qualquer idade que se interessem ou não por contos do tipo, escrito pela britânica Joanne Rowling, mais conhecida como J. K. Rowling, que se tornou conhecida após escrever esse livro e então tornando-se cada vez mais admirada, é a autora dos sete livros da famosa saga Harry Potter. Esses livros se tornaram um sucesso mundial deixando fãs apaixonados em todo o mundo.

Resenha escrita por Debora Samella
Idade: 20 anos
Você pode ver todos os meus posts aqui

The following two tabs change content below.

ResenhasDeLivros.com

Somos um grupo de pessoas de diferentes idades, apaixonadas pelo mundo das letras. Gostamos de ler e escrever sobre as leituras que fazemos. Só o que nos move é o desejo de compartilhar o prazer dos livros e trocar idéias e opiniões sobre a literatura. Antes de ler, ou melhor, para fazer uma incursão na livraria mais próxima ou livraria on-line e comprar um livro, é melhor estar ciente dos últimos acontecimentos, e dar uma olhada nas opiniões de outros leitores sobre o livro em questão. Então encontre aqueles livros que você vai gostar de verdade e evite levar para casa livros chatos e decepcionantes. Aqui você vai encontrar resenhas sinceras e originais de livros enviados por nossos próprios usuários. Tentamos melhorar a cada dia e oferecer o mais completo catálogo de resenhas de livros em Português na Internet.

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Adolescente, Aventura, Ficção Científica, J.K Rowling, Literatura Fantástica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *