Na minha cadeira ou na tua, de Juliana Carvalho

| 13 de janeiro de 2016 | 0 Comentários

Resenha: Na minha cadeira ou na tua ,de Juliana CarvalhoPasso a noite pensando a respeito do sutiã. Acordo, e vejo na minha grade de atividades que tem basquete. Deus! Jogar basquete sem sutiã! E se confundirem as bolas? Percebo que é o dia certo para pegar meu sutiã no guarda valores. Vou lá. Peço pra dar uma olhada nas minhas coisas. Está tudo lacrado.- Quer tirar o lacre? Pergunta solícito o funcionário.
Digo um não miúdo e saio com ar de derrota. Mas o que eu estou fazendo? Sutiãs são ilegais aqui dentro. E se me pegarem? E se me expulsarem? E o basquete? Mira que dilema estoy viviendo. Percebo que estou sem chiquinhas, e lembro que as que eu tinha estão no guarda valores. Yeah! Lá fui eu de novo.
– Moço, eu queria pegar umas chiquinhas (e meu sutiã, é óbvio).
– Tiro o lacre?
– Aham…
Pego o sutiã e enfio embaixo do pijama, me sentindo supertransgressora.

Juliana, dezenove anos, uma jovem comum como qualquer outra no ápice da sua juventude, realizando sonhos e construindo o seu próprio futuro, sem deixar de levar uma vida comum e jovial regada de emoções, experiências e loucuras compartilhadas com pessoas especiais na sua vida,mas algo parece não estar bem.

Aos 19 anos , cursando publicidade e propaganda, Juliana Carvalho é diagnosticada com uma inflamação na medula óssea que a impede de andar, comprometendo-a à viver sobre uma cadeira de rodas por um tempo indeterminado. Neste livro autobiográfico, a autora traz de modo intercalado situações da sua vida antes e depois da descoberta da doença e de modo único, inovador e bem humorado, Ju , como é conhecida pelos amigos, familiares e leitores que conquistou compartilhando a sua história com todo o seu carisma e alto astral, cita situações únicas em sua vida e fase de amadurecimento diante à situação de mudança radical em seu estilo de vida. A autobiografia traz histórias singulares com situações cômicas, muito sexo e curiosidades desde a sua primeira vez , até a sua outra primeira vez como cadeirante, que rendem ao leitor risos únicos! As experiências sobre viagens e até mesmo os dias trágicos compartilhados com total interação autora/leitor , conquistam à cada nova página, emociona e impulsiona-nos a aprender sobre felicidade, independente da nossa atual condição.

Sou uma amante de não-ficções e posso dizer com convicção, que Juliana Carvalho é uma das mulheres que mais admiro ao compartilhar a sua história tão abertamente ( literalmente falando ) o modo com que lida com tudo o que ocorreu na sua vida, o bom humor , a comédia que deveria ser o seu sobrenome e acima de tudo, a garra e a perseverança são o marco na vida deste alguém tão especial, VALE MUITO À PENA CONFERIR e por isso, a minha nota será 5/5 e se fosse possível , seria “ao infinito e além” !

VEJA TAMBÉM

O roteiro inesperado de Fani , de Paula Pimenta Depois de passar uma temporada na Inglaterra, Fani está retornando. Com onze quilos a mais do que tinha no começo da viagem, ela volta para casa muito ansiosa para saber se seu plano de reconciliação com Léo deu certo. E para nossa alegria, deu sim. A cena da chegada conta com um "beijo de cinema" e...
Perdida, de Carina Rissi " Olhei para baixo bem a tempo de ver meu celular- com todos os meus contatos, minha agenda, minhas músicas cair do bolso da calça, boiar por dois segundos e depois mergulhar dentro do vaso sanitário" (Perdida- página 21)
The following two tabs change content below.

Monky

Só eu acho que essa de : "Me chamo Ingrid,tenho 18 anos e..." é meio narcóticos anônimos? Mas enfim, é isso aí mesmo ! Sou apaixonada pela leitura e pela escrita,então aqui estou eu: Leitora por vida , escritora amadora de estórias "mixurucas" apenas por amor ( autora do livro "síndrome" no wattpad) e apaixonada por coxinha. Bom, já sabe o que fazer se precisar de um ajudinha na redação um dia não é ?! Sejam bem vindos !

Últimas Postagens de Monky (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *