Sobre[o]postos [Medina-Becker #2], de Bruna Fontes

| 21 de agosto de 2016 | 0 Comentários

Medina-Becker: Vol. 2 - Sobre[o]postos, de Bruna Fontes“Lavínia Lemes até tentou, mas não consegue evitar a atração que sente pelo seu vizinho de baixo. E daí se ela só tem dezesseis anos e ele já está terminando a faculdade? Também não faz a mínima diferença se ele parece ser o bom moço dos bons moços e Lavínia… bem, digamos que ousadia é o seu nome do meio. Tudo o que ela sabe sobre Eduardo Becker é que ele estuda História, tem um buldogue francês preto, está sempre carregando um copo de café e seu irmão mais novo está se mudando para o apartamento. Tudo o que Eduardo sabe sobre ela é sua preferência por All-Stars vermelhos, coques frouxos em dias quentes e a música coreana que explode dos seus fones de ouvidos nas viagens de elevador que os dois sempre compartilham. Em um belo dia de verão na cidade do Rio de Janeiro, Lavínia finalmente consegue aquilo que vem tentando há muito tempo: cinco minutos inteiros a sós com o vizinho e seu sotaque apaixonante. E, depois disso, a vida dos dois acaba se entrelaçando de um jeito irreversível.”

O livro conta a história de Lavínia Lemes, uma adolescente que ama k-pop, é bem esquentada e sempre teve uma paixonite pelo seu vizinho que mora no andar de baixo. Porém, o único problema é que Eduardo já está no ultimo ano da faculdade (Lavínia nem saiu do ensino médio) e sempre a trata como uma menininha infantil, apesar dela não ser nem um pouco ingênua. E em um belo dia, Lavs finalmente consegue a chance de mostrar para Eduardo que ela já é uma mulher, mas será que o bom moço vai começar a olhá-la de outra maneira?

Eu me apaixonei pelo Eduardo, com todo aquele jeito fofo que sempre é respeitoso com tudo e todos e acabei me identificando muito com a Lavínia por ela ser tão impulsiva, esperta e feminista. Não preciso nem dizer que quando o menino Jão, Calíope e toda a família Medina-Becker (que não é pequena) apareceram eu tive um mini surto psicótico de saudade.

Essa história não é um romance, mas sim uma história de crescimento e autoconhecimento do Edu e da Lavs (como a autora sempre fala). Eu adorei o livro, não só por causa dos personagens e do enredo incrível; mas também pelos assuntos que ele retrata, pelos detalhes que mesmo pequenos fizeram uma grande diferença. Com um toque de feminismo, essa obra me fez pensar sobre assuntos que eu nunca tinha reparado que faziam parte do nosso cotidiano. A genialidade da autora me deixou impressionada, pois ela conseguiu tocar em pontos sensíveis com uma leveza sutil. Acabei indo pesquisar sobre o k-pop e admito que eu fiquei viciada (tudo culpa da Lavínia).

Essa história foi lançada no Wattpad e ainda encontra-se lá para leitura online pelo aplicativo de celular ou pelo site. Provavelmente esse livro será lançado como físico no ano que vem, e o primeiro volume da série Medina-Becker estreará na Bienal SP desse ano.

Em poucas palavras eu diria que esse livro é surpreendentemente adorável e te traz para a realidade do mundo. Mesmo com todos os pontos altos e os poucos baixos (porque nenhuma história é perfeita) eu dou nota 5/5 para esse livro por todos os motivos que já foram citados.

Comentem se gostaram do livro e da resenha. Kisses sweathearts

The following two tabs change content below.

Luana Lira

Sou a Luana e amo ler. Comecei a ler desde pequenininha e me apaixonei. Também gosto de escrever então pensei: por quê não juntar o útil ao agradável? Sigam-me, se quiserem: Twitter - @luaa_lira Wattpad - @lualira10 Skoob - http://www.skoob.com.br/perfil/lualira

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Tags: , , ,

Categoria: Adolescente, Comédia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *