Sorteio de Fim de Ano —— FINALIZADO

| 13 de dezembro de 2016 | 0 Comentários

Olá galera.

Nós do Blog ResenhasDeLivros.com com a Editora Penalux decidimos fazer um sorteio de fim de ano valendo o livro “O Vendedor de chuva” de Fred Vidal. E ai, se interessou? Para concorrer é só:

– Preencher esse formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSce1fTOafavBrS4cAwLnmdfH3C3z8XrELoOIzu6XisKwbWyeg/viewform

– Compartilhar o post referente ao sorteio que está em https://www.facebook.com/ResenhasDeLivrosBlog/ em modo público e marcar um amigo seu que curta a nossa página,

– Curtir a nossa página ( https://www.facebook.com/ResenhasDeLivrosBlog/ ),

– Curtir a página da Editora Penalux ( https://www.facebook.com/penaluxeditora/ ).

 

E assim você já está participando. As inscrições terminam no dia 28/12 e o resultado sai dia 29/12

*Saiba mais sobre o livro em: http://www.editorapenalux.com.br/loja/product_info.php?products_id=496 *

O Vendedor de Chuva

O VENDEDOR DE CHUVA, de Fred Vidal (de Curvelo, MG, onde nasceram Guimarães Rosa e Lúcio Cardoso), é um inusitado romance-assombração, demoníaco, espécie de versão entre o épico e o sertão de Guimarães Rosa e o pacto fáustico de Goethe. Um livro destinado a ser lido com uma admiração votada às obras-primas. Romance breve na extensão, mas intensamente cruel e belo na estrutura e na condução, tomado da poesia de uma prosa brutal, no qual a violência de uma vingança vai multiplicando a impiedade inimaginável de que são capazes os mais violentos dos homens.

Narrativa impressionante, romance nascido para marcar, O VENDEDOR DE CHUVA é uma espécie de súmula de diversas tragédias e aventuras que se multiplicam como numa epopeia que, apesar de sua centena e meia de páginas, nos deixa tomados de uma emoção trêmula, a de quem atravessou um caudal incessante de cenas inesquecíveis, desenhadas a carvão e sangue. Conta a tragédia de um mundo cru e abissal, localizado no sertão de Minas, habitado por jagunços, homens de trabalho duro debaixo de uma realidade tomada de precariedades, capaz de animalizar seres humanos. Ali a seca assola os destinos e abrevia cada vida, sem nenhuma piedade. Ali a ausência de chuva – como uma maldição enviada por algum deus mau – causa doenças, mortes, de pessoas e animais. Algo misterioso e diabólico desgraça a vida dos miseráveis sertanejos. Sua salvação está nas mãos de um homem, mas ele não está disposto a cedê-la gratuitamente.

Um romance avassalador, do qual não se sai ileso após a leitura, irrespirável e fascinante. E a linguagem de Fred Vidal é a linguagem dos escritores que sabem que escrever não é apenas contar grandes episódios e criar protagonistas marcantes, não apenas, mas fazer da língua portuguesa um instrumento quase musical. O seu estilo é vazado num léxico muito próprio, local, as palavras levadas com a harmonia modulada disposta numa partitura. Trata-se quase de música no fundo de um épico. Ela narra lutas sociais como cenário de uma aventura na qual certo realismo mágico conduz a atmosfera expressiva de uma trama atravessada por imagens de inigualável rudeza, de secura no ritmo adensado e inigualável. Um crime não lê-lo e, mesmo, não relê-lo. Este livro veio como uma das grandes novidades da literatura nacional. Arrepiante em todos os sentidos.

The following two tabs change content below.

Luana Lira

Sou a Luana e amo ler. Comecei a ler desde pequenininha e me apaixonei. Também gosto de escrever então pensei: por quê não juntar o útil ao agradável? Sigam-me, se quiserem: Twitter - @luaa_lira Wattpad - @lualira10 Skoob - http://www.skoob.com.br/perfil/lualira

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Sorteios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *