O roteiro inesperado de Fani [Fazendo meu Filme #3], de Paula Pimenta

3 de dezembro de 2014 | Por | Resposta Mais

Capa O roteiro inesperado de FaniDepois de passar uma temporada na Inglaterra, Fani está retornando. Com onze quilos a mais do que tinha no começo da viagem, ela volta para casa muito ansiosa para saber se seu plano de reconciliação com Léo deu certo. E para nossa alegria, deu sim. A cena da chegada conta com um “beijo de cinema” entre os protagonistas,lágrimas, presentes, sorrisos e muito amor. Mas nem tudo vai bem.

Apesar da saudade da família e dos amigos, Fani tem problemas para se readaptar ao Brasil.
Com o tempo que passou fora, se acostumou a mandar na própria vida e agora conta com sua mãe querendo lhe controlar novamente, as amigas se sentem enciumadas por causa das experiências que ela passou e a única coisa que ainda está boa é seu relacionamento com Léo, que faz a linha namorado perfeito.

Ainda por cima ela tem que se preparar para o vestibular e convencer sua mãe de que vai fazer cinema e não direito como a mãe tanto deseja.
Como se tudo isso não bastasse, acontece algo com que Fani não contava; Christian reaparece ainda mais bonito  e agora famoso, e lhe faz uma proposta irrecusável.

Mas uma vez Paula acerta em cheio nas escolhas musicais. A cada mês de namoro, Fani recebe um Cd do Léo com músicas nacionais e internacionais, e é cada música mais linda que a outra. Vou confessar que entrei no blog do fazendo meu filme e passei horas e horas ouvindo cada um dos Cd’s.

Esse foi o livro da série que mais me emocionou até agora. As incertezas da Fani com relação ao futuro, o medo de falhar, os esforços para passar no vestibular, as pressões de um relacionamento e da família, tudo me fazia pensar. Amei cada capítulo!
Nota 5.

VEJA TAMBÉM

Feios, de Scott Westerfeld Tally Youngblood é uma feia, e está prestes à completar seus 16 anos, após isso será submetida à uma operação cirúrgica para se tornar uma perfeita. Porém conhece Shay, uma garota disposta fugir da cidade e não se tornar perfeita. Ignorando a idéia sem sentido da amiga, Tally á deixa partir. Ao co...
Eu, Você E A Garota Que Vai Morrer; de Jesse Andre... Em “Eu, você e a garota que vai morrer”, Greg conta de forma muito sincera e divertida a história por trás do seu último ano no colégio Benson, lugar onde pra ele não é possível existir. O colégio é todo dividido em grupos e subgrupos, porém Greg não faz parte de nenhum deles. Não se engane, ele não...
The following two tabs change content below.

Emanuela de Oliveira

Refugiada para sempre no mundo dos livros. Porque uma vida só não basta! Ler sempre foi um exercício encantador para mim, ainda lembro da primeira vez que consegui juntar as letrinhas e formar as palavras,e em seguida frases, fiquei tão contente que nunca mais parei. Amo a sensação de entrar na pele dos personagens e “viver” situações tão diferentes do meu cotidiano, gosto dessa coisa de aprender sem ter que passar pela situação realmente. Divido meu tempo livre entre leitura, animes, filmes e doramas. Se a história da minha vida fosse um livro, gostaria que fosse escrito pela Marian Keyes.

Últimas Postagens de Emanuela de Oliveira (Ver todas as publicações)

Quer receber nossas atualizações por e-mail?

Nós podemos ajudá-lo a escolher sua próxima leitura.

Categoria: Uncategorized

Sobre o autor ()

Refugiada para sempre no mundo dos livros. Porque uma vida só não basta! Ler sempre foi um exercício encantador para mim, ainda lembro da primeira vez que consegui juntar as letrinhas e formar as palavras,e em seguida frases, fiquei tão contente que nunca mais parei. Amo a sensação de entrar na pele dos personagens e “viver” situações tão diferentes do meu cotidiano, gosto dessa coisa de aprender sem ter que passar pela situação realmente. Divido meu tempo livre entre leitura, animes, filmes e doramas. Se a história da minha vida fosse um livro, gostaria que fosse escrito pela Marian Keyes.

Deixe um Comentário